0

Fenômeno Vonn ignora lesão e é ouro no downhill

17 fev 2010
19h44
atualizado às 22h12
Anderson Giorge
Direto de Whistler

Favorita ao ouro na prova do downhill feminino, a americana Lindsey Vonn, mesmo lesionada, não decepcionou a grande torcida que compareceu ao Whistler Creekside e levou a tão sonhada medalha dourada, a terceira dos Estados Unidos nos Jogos de Inverno de Vancouver.

Com o tempo de 1min44s19, ela foi mais rápida que as outras competidoras e chorou ao conquistar o lugar mais alto do pódio. Em segundo lugar, ficou a também americana Julia Mancuso, que marcou o tempo de 1min44s75. A medalha de bronze foi para a Áustria. Elisabeth Goergl terminou a prova com o tempo de 1min45s65.

Além da bela atuação de Vonn, que deu um berro de alegria ao ver que havia feito o melhor tempo, a prova também foi marcada pelos inúmeros tombos. A suíça Dominique Gisin caiu feio no final do circuito, teve que ser atendida na pista, e, ao ser retirada pelos médicos, não conseguiu esconder as lágrimas de decepção. Outro tombo marcante foi o da experiente sueca Anja Paerson, campeã da prova em Turim 2006, que chegou a marcar uma parcial 37 centésimos mais rápida que Vonn, mas acabou caindo ao final da descida. Quando viu o acidente, Vonn ficou apreensiva e colocou as mãos na cabeça. Paerson passa bem.

A romena Edith Miklos também caiu e foi removida da pista por um helicóptero. A organização da prova não soube explicar a gravidade do acidente.

A torcida do downhill, uma das mais barulhentas dos Jogos, compareceu em peso no Whistler Creekside. Muitos canadenses estiveram no local, mas quem chamou atenção foram os americanos. Por causa de Lindsey Vonn, músicas foram cantadas e as coreografias ensaiadas deram um show. Até torcida organizada teve. E quando Vonn terminou sua prova, os americanos "enlouqueram". O barulho que foi feito por eles pode ser comparado ao de um estádio de futebol.

Também foi possível notar alguns argentinos, torcendo por duas atletas irmãs, e alguns chilenos.

O favoritismo da americana vem seguido de um histórico de superações. Em 2006, por exemplo, durante os Jogos de Inverno de Turim-2006, a esquiadora sofreu um grave acidente quando competia a prova de downhill e precisou ser levada de helicóptero para um hospital, onde passou a noite. No entanto, mesmo com a lesão no quadril, voltou às montanhas já no dia seguinte e conquistou um heróico oitavo lugar.

Antes das disputas na Olimpíada de Vancouver, outra contusão. Desta vez, uma lesão na canela direita quase tirou a atleta da competição, mas Vonn se superou novamente e entou com tudo na prova, ganhando o tão sonhado ouro olímpico.

Entenda a prova de downhill do esqui alpino

A prova de downhill é uma das mais aguardadas dos Jogos de Inverno por ser a de maior percurso (1.100 m) e velocidade (chega até a 145 km/h) do esqui alpino. Cada esquiador desce a montanha individualmente. O tempo mais rápido determina o vencedor.

A categoria é a única do esqui que permite treinos no local da prova olímpica. Cada atleta pode fazer até três sessões de treinamento, inclusive sendo obrigado a se submeter a pelo menos uma para poder lutar pela medalha.

A ordem de partida dos atletas é determinada pelos seus resultados na Copa do Mundo da modalidade. A corrida costuma ser emocionante. A última vez que a diferença entre ouro e prata foi maior que 1s foi nos Jogos de 1964.

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone e smartphones: m.terra.com.br/vancouver

Após queda feia, eslovena completa prova com dores
Fonte: Terra
publicidade