2 eventos ao vivo

Ferrer desfalca Espanha na Copa Davis e Almagro vira dúvida

28 dez 2012
14h55
atualizado às 21h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Além de não contar com seu melhor jogador no ranking da ATP, Rafael Nadal, a Espanha pode ter outros dois importantes desfalques na primeira fase da Copa Davis. Enquanto David Ferrer garantiu que não participará do embate com o Canadá, Nicolas Almagro colocou sua presença em dúvida, devido a problemas no ombro esquerdo.

Melhor atleta do circuito da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) nesta temporada, Novak Djokovic continua mostrando o porquê lidera o ranking da entidade. Nesta sexta-feira, o atleta sérvio estreou no Mubadala World Tennis Championship, em Abu Dhabi, e triunfou diante de David Ferrer por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/3
Melhor atleta do circuito da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) nesta temporada, Novak Djokovic continua mostrando o porquê lidera o ranking da entidade. Nesta sexta-feira, o atleta sérvio estreou no Mubadala World Tennis Championship, em Abu Dhabi, e triunfou diante de David Ferrer por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/3
Foto: Reuters

Com isso, o capital do time espanhol, Alex Corretja, deve encontrar muita dificuldade para convocar a equipe que inicia a competição fora de casa, no Canadá, e Nadal não deve participar para se dedicar ao treinamento no saibro. O número cinco do mundo destacou a série de competições no início do ano e não colocou o país da América do Norte em seu roteiro.

"Este ano jogarei em Doha. Então, será aqui (Abu Dhabi), Doha, Auckland e Melbourne, por isto eu não jogarei a primeira fase da Copa Davis", declarou Ferrer. O tenista foi um dos principais nomes da Espanha na conquista do vice-campeonato na última edição, mas preferiu se poupar da fase inicial, marcada para começar dia primeiro de fevereiro.

Além de Ferrer, Almagro ainda pode ficar de fora do time. Ele não assegurou sua participação, pois quer estar bem fisicamente e recuperado de dores no ombro que o atrapalharam em alguns jogos. "Eu tenho que pensar porque eu tive muitos problemas no último ano com meu ombro e é realmente muito difícil. Eu tive oito infiltrações no meu ombro durante o ano e não quero jogar assim novamente", justificou.

Porém, a vontade de atuar na importante competição anima Almagro para intensificar o tratamento e até mesmo fazer sacrifícios. "Quero estar apto a lutar em todos os jogos, todas as semanas. Mas a Copa Davis é especial, é outra emoção, grandes momentos e veremos", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade