0

Figueirense

São Paulo empata com Figueirense e garante vice-campeonato

Alexandre Schneider / Getty Images

Partida marcou a despedida de Kaká do Morumbi e teve erro de Rogério Ceni no fim

30 nov 2014
18h58
atualizado em 10/12/2014 às 10h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Kaká se despediu do Morumbi com o São Paulo na frente no placar, mas viu seus companheiros de time sofrerem o empate por 1 a 1 neste domingo, em confronto da 37ª rodada do Campeonato Brasileiro contra o Figueirense. Edson Silva e Mazola fizeram os gols do jogo, que foi o último do camisa 8 no estádio nesta segunda passagem pelo time tricolor.

O resultado garantiu ao clube paulista a segunda posição na competição, que certifica a participação direta na fase de grupos da Copa Libertadores de 2015. O Figueirense segue no 12º lugar, com 47 pontos.

O São Paulo encerra sua participação nesta edição do Campeonato Brasileiro no próximo domingo, às 17h (de Brasília), contra o Sport na Arena Pernambuco. Já o Figueirense recebe o Internacional na Arena Condá na sua última partida na competição.

O Figueirense começou melhor o primeiro tempo, pressionando a saída de bola e a armação são-paulina. A partir dos 20min, o clube paulista foi se soltando em campo, mas não chegou a dominar e levar perigo ao visitante.

<p>Formado no São Paulo, Mazola foi o algoz da festa de Kaká</p>
Formado no São Paulo, Mazola foi o algoz da festa de Kaká
Foto: Alexandre Schneider / Getty Images

Ambas as equipes voltaram mais dispostas a buscar o gol na etapa complementar. Empurrado pela sua torcida, o São Paulo foi mais perigoso, apesar de tomar sustos do time visitante. Luís Fabiano criou a melhor chance da partida ao soltar uma bomba da entrada da área e acertá-la no travessão de Tiago Volpi. 

O clube paulista abriu o placar aos 24min, quando Osvaldo cobrou um escanteio pela direita e mandou na medida para Edson Silva desviar de cabeça para o fundo das redes. Melhor em campo, o São Paulo vacilou aos 38min, mesmo com um homem a mais em campo - William Correia foi expulso. Rogério Ceni tentou cortar um contra-ataque como líbero, exagerou na jogada e viu Mazola ficar livre com a bola sem ninguém no gol.

O atacante, formado em Cotia, teve cautela e mandou a bola para as redes desprotegidas de fora da área, igualando o marcador e colocando água no chope da festa de Kaká, muito celebrado pela torcida minutos antes, quando deixou o campo substituído por Alexandre Pato.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade