2 eventos ao vivo

Após liberação de álcool no Carioca, MP pede jogos sem público

13 mar 2013
17h04
atualizado às 17h21
  • separator
  • 0
  • comentários

A liberação da venda de bebidas alcoólicas dentro dos estádios durante os jogos do Campeonato Carioca invalida os laudos de segurança expedidos antes do início da competição, informou nesta quarta-feira o Ministério Público do Rio de Janeiro. A recomendação do órgão é que as partidas sejam realizadas com portões fechados ao público até que a situação seja regulamentada.

<p>Torcedores ter&atilde;o de esperar novos laudos para poder voltar aos est&aacute;dios no Carioca</p>
Torcedores terão de esperar novos laudos para poder voltar aos estádios no Carioca
Foto: Mauro Pimentel / Terra

A liberação foi feita pela Federação de Futebol do Estádio do Rio de Janeiro (Ferj) na segunda-feira, o que acaba por invalidar os laudos, já que o plano de segurança para as arenas não contemplava a venda de bebidas alcoólicas. A recomendação partiu da 4ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital.

Será necessário, portanto, que as partidas do Estadual sejam realizadas sem público até que os laudos sejam refeitos pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária. O Ministério Público informou a Ferj às 13h34 desta quarta sobre a recomendação, e a entidade tem 24h para responder se acatará ou não.

Caso a recomendação não seja acatada e a Taça Rio seja iniciada, no final de semana, com público dentro dos estádios, há chance de punição para os responsáveis: a destituição do presidente da Ferj e do presidente do clube com mando de jogo, por meio de uma Ação Civil Pública que poderá ser proposta pelo MP à Justiça.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade