2 eventos ao vivo

Bebeto compara filho a Zico e dá ultimato à Juventus: podem perdê-lo

8 mai 2013
08h22
atualizado às 09h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Filho de Bebeto, Mattheus tem contrato para se encerrar no Flamengo e pode ir para a Itália</p>
Filho de Bebeto, Mattheus tem contrato para se encerrar no Flamengo e pode ir para a Itália
Foto: AP

O futuro do meia Mattheus, filho de Bebeto, está indefinido. Em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o ex-atacante deu uma espécie de ultimato à Juventus, admitindo a possibilidade de o clube de Turim perder os serviços do filho, 18 anos.

Em março passado, a imprensa italiana anunciou que o Flamengo cederia Mattheus à Juventus por R$ 5,1 milhões. A negociação, porém, emperrou: Bebeto reconhece que a Juventus mostrou “grande interesse” pelo jogador e acertou as bases para um contrato de cinco anos, mas ressalta que a equipe precisa pagar 1 milhão de euros (R$ 2,63 milhões) de antecipação ao Flamengo.

Matheus não tem atuado pelo time carioca, com o qual tem contrato até dezembro de 2013, e a negociação seria uma forma para não perder o jogador de graça. Enquanto dá prioridade à Juventus, clube que procurou o jogador primeiro, Bebeto afirma que há outros interessados no atleta, como o Real Madrid que teria feito “uma boa oferta”.

O nome de Matheus se tornou famoso no mundo do futebol após a homenagem que Bebeto fez ao filho, ao comemorar um gol contra o Holanda pelas quartas de final da Copa do Mundo de 1994. Na época, o meia, hoje com 1,87 m de altura e quase 19 anos de idade, estava para nascer.

Bebeto, 49 anos, trabalha no Comitê Organizador Local (COL) do Mundial de 2014 e recentemente deixou o cargo de coordenador da base da Seleção Brasileira. Matheus integrou a equipe nacional Sub-20 que foi eliminada na primeira fase do Sul-Americano do Peru, em janeiro passado.

<p>Bebeto é membro do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014</p>
Bebeto é membro do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014
Foto: Getty Images

Comparando o seu próprio futebol ao do filho, Bebeto lembrou que Matheus é mais alto e não é um atacante puro. O pai disse que o jovem “joga com a camisa 43 no Flamengo, mas seria um 10, como Zico, porque avança e marca muitíssimos gols”.

Bebeto destacou ainda que o meia “foi titular de todas as Seleções Brasileiras juvenis, da Sub-13 à Sub-20, e nunca fracassou”.

O ex-atacante ainda disse que sua vontade é ver o herdeiro atuando na Juventus até mesmo para “fechar um ciclo”: ele próprio afirmou na entrevista que recusou uma proposta do clube italiano em 1979, preferindo ficar no Vasco da Gama. Mas a prioridade dada à Juventus na negociação com o Flamengo será válida somente até a próxima sexta-feira, quando podem ser abertas tratativas com outros clubes.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade