0

Candidato impugnado se revolta no Flamengo e promete luta contra "corja"

9 nov 2012
01h02
atualizado às 08h57

O ex-candidato da Chapa Azul para a presidência do Flamengo, Wallim Vasconcellos, se revoltou com a impugnação dada pela maioria dos votos em reunião do Conselho de Administração na noite desta quinta-feira, na Gávea. Logo após o término da reunião, Wallim saiu da sede por volta das 23h10 e se pronunciou sobre a decisão.

» Veja como eram os astros do futebol mundial na infância

"O resultado da reunião já era bem esperado, já que esse é o Flamengo que estamos vivendo há muitos anos. Uma vanguarda do atraso que quer continuar dominando o clube. Fizeram com a gente o mesmo que fizeram com o Zico. Tem muita água para rolar. Podem ter certeza que vamos continuar lutando para acabar essa corja que tem aqui dentro", comentou Wallim Vasconcellos.

Wallim Vasconcellos promete que os substitutos serão anunciados na tarde desta sexta-feira, já que o prazo dado pelo Conselho do Flamengo é até 18h. Às 19h desta sexta-feira, o Conselho de Administração volta a se reunir na Gávea para dar prosseguimento à sessão, avaliar os substitutos da Chapa Azul e, após isso, dar a homologação ou impugnação final de todas as chapas.

"A chapa continua, iremos anunciar os nomes que irão nos substituir nesta quinta à tarde. Espero que a torcida e o sócio do Flamengo vejam isso e fiquem mais indignados do que a gente. A chapa azul vai continuar, começou apenas hoje e termina no dia 3 de dezembro", concluiu o ex-candidato.

Existe a possibilidade de Delair Dumbrosck substituir Wallim Vasconcellos na candidatura à presidência do Flamengo pela Chapa Azul. Além de Wallim, o nomeado a vice na chapa, Rodolfo Landim, também foi impugnado. Porém, ainda não foi definido o nome do substituto para o cargo.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Wallim Vasconcellos (à dir.) teve candidatura à presidência impugnada
Wallim Vasconcellos (à dir.) teve candidatura à presidência impugnada
Foto: Cirilo Junior / Terra
Fonte: Lancepress!

compartilhe

publicidade