1 evento ao vivo

Capitão, Bruno nega "cara feia" em reapresentação do Fla

15 jun 2010
15h01
atualizado às 15h56

O Flamengo se reapresentou nesta terça-feira e o goleiro Bruno, novamente, foi o centro das atenções. O capitão da equipe teria chegado ao treino insatisfeito e o foco disso seria a demissão do preparador de goleiros Roberto Barbosa. No entanto, após o jogador divulgou uma nota esclarecendo os ocorridos e negando "cara feia". O camisa 1 também fez questão de dizer que não ignorou a presença de Zico no retorno às atividades.

"Estou há quatro anos no Flamengo e quem acompanha o dia a dia sabe que sou um dos primeiros a chegar aos treinos e sempre dos últimos a sair, inclusive nos trabalhos regenerativos após os jogos. Estava com dores nas costas, fui avaliado pelos médicos e deixei o clube somente após fazer o tratamento que me foi passado. Gostaria de esclarecer também que cumprimentei a todos no vestiário, inclusive Zico. Não aconteceu nada diferente disso. Sou capitão do time, sei bem o que Zico representa para o Flamengo e respeito muito sua história. Desejo sucesso a ele nessa nova caminhada conosco", declarou Bruno.

Com relação à demissão do preparador de goleiros, Bruno diz que o Flamengo sabe o que é melhor para o clube. "Tenho um carinho grande pelo Robertinho e devo muito a ele pelo que sou hoje. Mas sou profissional e não vou ficar fazendo cara feia pelo fato de ele ter deixado o clube. Estou há muito tempo no futebol e essa não é a primeira vez que passo por uma mudança de preparador. Os dirigentes do Flamengo sabem o que é melhor para o clube. O meu dever é seguir trabalhando da melhor forma, como sempre fiz. Tenho minha consciência tranquila de que não cometi nenhum erro. Preferi esclarecer tudo para acabar de vez com qualquer especulação ou mal-entendido", disse o jogador.

Zico apresentou a nova comissão técnica no retorno aos trabalhos
Zico apresentou a nova comissão técnica no retorno aos trabalhos
Foto: Alexandre Vidal/FotoBR / Divulgação
Fonte: Redação Terra
publicidade