0

Campeonato Carioca

Fla bate "freguês" Vasco em jogo com dilúvio e 4 expulsões

Jorge Rodrigues / Agência Eleven / Gazeta Press
22 mar 2015
21h19
atualizado em 23/3/2015 às 09h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Campeonato Carioca 2015Primeira Fase - Taça Guanabara

FlamengocrfFlamengo2
1Vasco da GamaVasco da Gamacrvg

  • Alecsandro 17 ' (1T)
  • Alecsandro 7 ' (2T)
  • Gilberto 25 ' (1T)
2015-03-22 21:30 GMT-000 (D) FinalizadoMaracanã

No Dia Internacional da Água, comemorado neste 22 de março, Flamengo e Vasco sentiram na pele o poder da natureza. Com um dilúvio no Maracanã, que forçou até mesmo uma paralisação de 50 minutos no meio do primeiro tempo, a equipe rubro-negra foi melhor e, com dois gols de Alecsandro, superou seu maior rival por 2 a 1, aumentando a invencibilidade contra os cruzmaltinos, que não conseguem um triunfo no "clássico dos milhões" desde 2012. No final, o duelo esquentou e quatro jogadores ainda acabaram expulsos no mesmo lance. Veja todos os detalhes do jogo.

Chuva forte fez o clássico ser paralisado por 50 minutos na etapa inicial
Chuva forte fez o clássico ser paralisado por 50 minutos na etapa inicial
Foto: Rudy Trindade / FramePhoto

Com a vitória, o Flamengo se mantém na terceira posição, com 26 pontos, dois atrás do novo líder Botafogo, que venceu a Cabofriense neste domingo. Já o Vasco, além de perder a liderança, cai para o quarto lugar, com os mesmo 26 pontos, mas perdendo nos critérios de desempate.

Flamengo e Vasco fizeram um primeiro tempo eletrizante no Maracanã. Com um show das torcidas nas arquibancadas - mais de 56 mil pessoas estavam presentes no estádio, recorde de público desta temporada no Brasil - a partida começou com a cara do "clássico dos milhões": com cada lance sendo disputado com intensidade máxima, jogadores se estranhando e dificuldade para arbitragem. Para se ter noção, três jogadores receberam cartão amarelo antes mesmo dos 15 minutos iniciais. 

Carioca 2015: veja os gols de Flamengo 2 x 1 Vasco

A chuva que já era forte começou a complicar o gramado do estádio e mudou a história da partida. Martín Silva foi tentar sair jogando com as mãos, a bola parou em uma poça d'água e sobrou para Alecsandro abrir o placar. Cinco minutos depois a drenagem já não aguentava mais e o árbitro foi obrigado a paralisar o jogo. Depois de 50 minutos de bola parada, o campo secou e o Vasco reagiu. Com outra postura, a equipe cruzmaltina empatou com Gilberto após cobrança de escanteio.

Gilberto empatou para o Vasco após paralisação no Maracanã
Gilberto empatou para o Vasco após paralisação no Maracanã
Foto: Jorge Rodrigues / Agência Eleven / Gazeta Press

No segundo tempo o Vasco parecia que conseguiria uma virada, mas uma jogada individual de Marcelo Cirino jogou um balde de água fria na equipe. Após drible no marcador, o atacante foi derrubado dentro da área por Guiñazu. Alecsandro cobrou pênalti com perfeição e devolvou a vantagem aos rubro-negros. Atrás do empate, o time cruzmaltino assustava nos lances de bola parada, mas que eram bem anulados pelo sistema defensivo dos mandantes.

Com os ânimos à flor da pele, jogadores se desentenderam após uma falta no meio de campo e quatro jogadores foram expulsos de uma só vez: Guiñazu e Bernardo, pelo Vasco, e Anderson Pico e Paulinho pelo Flamengo. O time cruzmaltino ainda teve uma ótima oportunidade no último minuto, mas a cabeçada de Rodrigo passou ao lado da trave e não mudou o placar do Maracanã.

GOLS

Flamengo 1 x 0 Vasco - 17min do primeiro tempo
Martin Silva tentou sair jogando com a mão e a bola parou em uma poça de água. Alecsandro aproveitou, bateu forte e abriu o placar.

Flamengo 1 x 1 Vasco - 28min do primeiro tempo
Após cobrança de escanteio, a bola foi desviada na primeira trave. Gilberto escorou de cabeça e a bola ultrapassou a linha

Flamengo 2 x 1 Vasco - 8min do segundo tempo
Marcelo Cirino fez ótima jogada individual, invadiu a área e foi derrubado por Guiñazu. Alecsandro bateu pênalti com categoria e colocou o Fla em vatagem no placar.

Martín Silva acabou prejudicado pela chuva e falhou no primeiro gol do Flamengo
Martín Silva acabou prejudicado pela chuva e falhou no primeiro gol do Flamengo
Foto: Roberto Filho / Agência Eleven / Gazeta Press

Romário dá exemplo

Ídolo de Vasco e Flamengo, Romário puxou a fila dos jogadores vestindo uma camiseta metade de cada time e aproveitou para fazer uma homenagem ao Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorada no dia 21 de março. Acompanhado da filha Ivy, que também é especial, ele conseguiu juntar 60 crianças, metade de cada time, que entaram com os atletas das equipes em campo.

Dilúvio no Maracanã

Depois de abrir o placar com a ajuda de uma poça d'água, a chuva apertou e o árbitro, após conversar com os jogadores, decidiu paralisar a partida. Com os dois times no vestiário, uma polêmica começou a surgir no Maracanã. Como foram jogados apenas 22 minutos do primeiro tempo, caso a partida fosse suspensa, o jogo recomeçaria em outra data e com o 0 a 0 no placar, mesmo com o Flamengo já tendo marcado um gol. Enquanto dirigentes rubro-negros faziam pressão para o duelo voltar, pessoas ligadas ao clube cruzmaltino não pareciam tão empolgadas com a melhora do gramado. Internautas não perderam a oportunidade e fizeram brincadeiras com a situação nas redes sociais.

FICHA TÉCNICA 

FLAMENGO 2 X 1 VASCO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 22 de março de 2015 (Domingo)
Horário: 18h30(de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Massarra dos Santos (RJ)
Público: 51.085 pagantes
Cartões amarelos: Canteros, Marcelo Cirino, Cáceres, Alecsandro, Everton, Wallace e Paulinho (Flamengo); Serginho, Gilberto, Guiñazu, Christiano e Rodrigo (Vasco)
Cartões vermelhos: Paulinho e Anderson Pico (Flamengo); Bernardo e Guiñazu (Vasco)

Gols:
FLAMENGO: Alecsandro aos 17 minutos do primeiro tempo e aos sete do segundo tempo.
VASCO: Gilberto, aos 28 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Jonas(Cáceres), Márcio Araújo, Héctor Canteros e Gabriel(Gabriel); Marcelo Cirino e Alecsandro(Paulinho)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

VASCO: Martín Silva, Madson, Anderson Salles, Rodrigo e Christiano; Pablo Guiñazu, Serginho(Thalles), Julio dos Santos e Jhon Cley(Yago); Dagoberto(Bernardo) e Gilberto
Técnico: Doriva

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade