1 evento ao vivo

Fla tropeça no Ceará e perde chance de assumir vice-liderança

23 jul 2011
22h53
atualizado às 23h41

O Flamengo perdeu uma ótima oportunidade de se aproximar da liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, o clube rubro-negro ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Ceará, em confronto disputado no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé, e desperdiçou a chance de terminar o final de semana na vice-liderança da competição nacional. Renato Abreu anotou para o time comandado por Vanderlei Luxemburgo; enquanto Felipe Azevedo, ex-Santos, igualou o marcador.

Ao acumular o sexto empate no Campeonato Brasileiro, o Flamengo chegou aos 21 pontos, um atrás do vice-líder São Paulo, que também tropeçou neste sábado ao empatar por 2 a 2 com o Atlético-GO, em pleno Estádio do Morumbi. O Ceará, por outro lado, permanece na décima colocação da competição, com 15 pontos conquistados depois de 11 rodadas disputadas na elite do futebol nacional.

Depois do compromisso neste sábado à noite, o Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), diante do Santos, na Vila Belmiro, em confronto que poderá marcar o duelo entre Ronaldinho e as duas sensações do futebol nacional: o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Neymar. Já o Ceará joga na quinta, às 21h, contra o Atlético-PR.

O jogo

Sem Ronaldinho e Thiago Neves, suspensos por conta do terceiro cartão amarelo, o Flamengo entrou em campo com Bottinelli e Diego Maurício como substitutos da dupla mais badalada da equipe. Com o argentino e o atacante, o time carioca valorizou mais a posse de bola, mas perdeu em criatividade e talento, motivos pelos quais o clube rubro-negro enfrentou muitas dificuldades para passar pela defesa do Ceará.

Pouco criativo, o Flamengo viu justamente o Ceará criar as primeiras oportunidades de gol. Aos 27min, Felipe se equivocou na saída de jogo e precisou fazer uma grande defesa para que Osvaldo não abrisse o marcador. Na sequência, o capitão Fabrício, livre na segunda trave, cabeceou para fora e desperdiçou uma oportunidade de gol inacreditável.

O susto por conta da chance cearense acordou o Flamengo na partida. Mais ativo ofensivamente, especialmente nas jogadas pelas laterais, o clube carioca conseguiu abrir o placar. Aos 32min, Junior Cesar cruzou pelo lado esquerdo na direção de Renato Abreu. Posicionado na segunda trave, o camisa 11 finalizou com estilo, de perna direita, para marcar o primeiro.

O gol tornou o Flamengo ainda mais burocrático na primeira etapa. Somente nas investidas rápidas de Diego Maurício pela direita, a equipe de Vanderlei Luxemburgo ameaçava o gol rival. Aos 38, o jovem atacante fez linda jogada pela direita e chutou forte. Para azar da torcida carioca, Deivid chegou instantes atrasado e não conseguiu aproveitar o passe.

O primeiro tempo morno, apesar da vantagem, obrigou o Flamengo a ter uma atitude maior na etapa complementar. E, logo aos 2min, a equipe carioca quase aumentou a vantagem. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Welinton cabeceou e viu a defesa adversária salvar em cima da linha. Na única boa chance do time rubro-negro no tempo final.

Última pelo fato de o Flamengo diminuir o ritmo de ataque drasticamente. Buscando levar o jogo em um ritmo morno, o clube comandado por Vanderlei Luxemburgo procurou administrar a posse de bola e esperar o tempo passar, atacando somente em momentos esporádicos. Como aos 24min, quando Léo Moura desceu pela direita e rolou para Luiz Antônio bater por cima da meta de Diego.

Tal atitude flamenguista acabou custando caro para o time da casa. Aos 35min, Wellinton buscou um passe em frente da área defensiva e jogou a bola nos pés de Osvaldo. O ligeiro atacante do Ceará passou entre as pernas de Ronaldo Angelim e achou Felipe Azevedo, que conseguiu passar por Felipe e decretar o empate, que impediu o Flamengo de assumir a vice-liderança.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1 x 1 Ceará

Gols:

Flamengo: Renato Abreu, aos 32min do primeiro tempo
Ceará: Felipe Azevedo, aos 35min do segundo tempo

Flamengo
Felipe; Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Junior Cesar; Willians, Luiz Antônio (Thomas), Renato Abreu e Bottinelli (João Vítor); Diego Maurício (Vander) e Deivid.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Ceará
Diego; Boiadeiro (Enrico), Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; Michel, João Marcos, Heleno e Thiago Humberto (Felipe Azevedo); Osvaldo e Washington (Marcelo Nicácio).
Técnico: Vagner Mancini

Cartões Amarelos
Flamengo: Wellinton

Árbitro
Célio Amorim (SC)

Local
Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé (RJ)








Fonte: Terra

compartilhe

publicidade