2 eventos ao vivo

Kleber faz dois, Palmeiras vence fora e afunda Flamengo

25 set 2010
20h25
atualizado às 23h45

Com campanha melhor fora de casa do que jogando em São Paulo, o Palmeiras conseguiu mais um bom resultado neste sábado, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, ao vencer o Flamengo por 3 a 1, no Engenhão, com dois gols de Kleber e um de Lincoln. Petkovic, de pênalti, descontou para o time da Gávea.

Com o resultado, a equipe de Felipão chegou aos 35 pontos e terminará a rodada na oitava posição. Já os cariocas estacionam nos 28 pontos e ficam o sábado no 15º lugar, voltando a se aproximar da zona do rebaixamento.

Em busca de uma arrancada no Brasileiro e ostentando uma boa campanha fora de casa, o Palmeiras pôde levar força quase máxima para o jogo do Engenhão, com a volta de Valdivia ao time titular e o meio-campista Lincoln em condições de jogo, relacionado para o banco de reservas.

Truncada em seu início, a partida era bastante equilibrada no Engenhão até o clube paulista abrir o placar, aos 19min, em um pênalti polêmico: Tinga recebeu passe e foi puxado por David. Na cobrança, Kleber bateu no meio do gol e marcou seu quinto na competição.

A equipe rubro-negra reagiu com nervosismo e errava passes. Aos 29min, o adversário esteve perto de ampliar em chute perigoso de Márcio Araújo, que raspou a trave. Na sequência, os comandados de Felipão chegaram ao segundo gol: Tinga fez passe para Kleber na direita. O atacante invadiu a área e chutou no canto direito de Marcelo Lomba.

Aos 33min, Renato pegou sobra da zaga e arrematou forte, forçando boa defesa de Deola, no melhor momento flamenguista até então. O primeiro tempo ainda teve um chute de Kleber da entrada da área que exigiu boa defesa de Marcelo Lomba.

No decorrer da etapa complementar, o Flamengo, que já havia trocado Juan, retornando de período afastado, por Vitor Saba, gastou em um curto espaço de tempo as três alterações de direito, com as saídas de Toró e Renato Abreu para as entradas de Correa e Petkovic, respectivamente.

As mudanças, no entanto, não mudavam o panorama da partida, que estava bem controlada pelo time de Felipão, bem postado na defesa e conseguindo ser pouco ameaçado, mesmo com o ímpeto ofensivo da equipe rubro-negra.

Sabendo explorar contra-ataques, aos 6min foi o Palmeiras que quase marcou mais um: Vitor levantou na área, Valdívia desviou de cabeça e a bola saiu próxima da trave direita.

Tardiamente, o Flamengo conseguiu enfim diminuir aos 34min: Kléberson cruzou da direita e Vitor acertou carrinho em Diogo. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Petkovic bateu no canto direito e venceu Deola.

Já aos 44min, Lincoln, que não jogava desde o clássico contra o Corinthians no primeiro turno, aproveitou passe de Rivaldo após boa jogada de Kleber e selou a vitória palmeirense, a segunda consecutiva fora de casa.

Na próxima rodada, o Flamengo volta a jogar na terça, 28 de setembro, às 21h10 (de Brasília), fora de casa, contra o Goiás. Na quarta, às 19h30, o Palmeiras recebe o Internacional.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1 x 3 Palmeiras

Gols
Flamengo:

Petkovic, aos 34min do segundo tempo
Palmeiras: Kleber, aos 19min e aos 30min do primeiro tempo; Lincoln, aos 44min do segundo tempo

Ponto Forte do Flamengo
Jogadas pela direita e maior posse de bola, especialmente no segundo tempo.

Ponto Forte do Palmeiras
Forte marcação e ótimas saídas no contra-ataque.

Ponto Fraco do Flamengo
Muitos erros de passe e poucas chances de gol.

Ponto Fraco do Palmeiras
Recuou muito no segundo tempo e deixou muito espaço no meio.

Personagem do jogo
Kleber: marcou dois gols e participou da jogada do terceiro.

Lance polêmico
Os flamenguistas cobram um pênalti em Diogo, ignorado pelo árbitro, e questionam se a falta do pênalti palmeirense realmente ocorreu dentro da área.

Esquema Tático do Flamengo
4-4-2
Marcelo Lomba; Leonardo Moura, David Braz, Jean e Juan (Vitor Saba); Toró (Correa), Willians, Kléberson e Renato Abreu (Petkovic); Diogo e Deivid
Técnico: Silas.

Esquema Tático do Palmeiras
4-4-2
Deola; Vitor, Danilo, Fabrício e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Márcio Araújo (Rivaldo) e Tinga (Pierre); Kleber e Valdívia (Lincoln)
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Cartões amarelos
Flamengo:
Willians, Jean e Toró
Palmeiras: Fabrício, Valdívia e Kleber

Árbitro
André Luiz Castro (GO)

Local
Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)


Fonte: Redação Terra
publicidade