0

Ronaldinho decide, Flamengo bate América-MG e embala

29 jun 2011
21h24
atualizado em 30/6/2011 às 01h14

O Flamengo encontrou dificuldades, mas conseguiu manter a invencibilidade no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, a equipe carioca derrotou o América-MG por 3 a 2, com dois gols de Ronaldinho, na Arena do Jacaré, em partida válida pela sétima rodada da competição.

Ronaldinho abriu o marcador aos 10min do primeiro tempo, em bela cobrança de falta. Ainda na etapa inicial, Alessandro aproveitou falha da zaga flamenguista para igualar a partida, aos 37min. Aos 45min, o zagueiro Anderson virou o duelo em Sete Lagoas.

Na etapa final, o Flamengo conseguiu a virada. Aos 10min, Deivid aproveitou passe de Thiago Neves para empatar o duelo. Já aos 40min, Ronaldinho se tornou o novo artilheiro do Campeonato Brasileiro, com cinco gols marcados, após completar passe de Bottinelli para o fundo das redes.

Com a vitória, o time rubro-negro dormirá a quarta-feira no G-4 do Brasileiro. Invicta na competição, a equipe soma 13 pontos, na terceira colocação. Porém, o Flamengo ainda pode ser ultrapassado pelo Botafogo, que encara o São Paulo. Na quinta, o Palmeiras duelo com o Atlético-GO e também pode ficar à frente se vencer.

Já o América-MG continua na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. No momento, o time mineiro está em 17º lugar, com cinco pontos. No sábado, a equipe retorna a campo para encarar o Santos, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo adiado pela sexta rodada.

Pela oitava rodada, o América vai enfrentar o Palmeiras, na próxima quinta, às 21h (de Brasília), de novo na Arena do Jacaré. O Flamengo entra em campo um dia antes contra o São Paulo, às 21h50 (de Brasília), no Engenhão.

O jogo

Com a torcida maioria nas arquibancadas da Arena do Jacaré, o Flamengo começou a partida se sentindo em casa. Com toquese de bola, a equipe chegou com perigo aos 4min. Junior Cesar tabelou com Ronaldinho pelo lado esquerdo, recebeu passe na entrada da área e arriscou para o gol. Mas o lateral pegou mal na bola e chute saiu sem perigo.

Jogando contra um América-MG com três volantes e sem criatividade no meio-campo, o Flamengo não demorou para abrir o marcador. Léo Moura carregou a bola na entrada da área e recebeu falta na entrada da área. O goleiro Flávio tentou confundir os jogadores do time rubro-negro ao armar a barreira invertida. Mas a tentativa não surtiu efeito e Ronaldinho, com o gol vazio, cobrou falta no ângulo com categoria.

O time mineiro pouco ameaçou a meta defendida por Felipe, pois só conseguia arrematar ao gol em fhutes de fora da área. Bem na partida, o Fla teve outra boa chance aos 13min. Luiz Antônio fez boa jogada pelo lado direita e cruzou para a área, mas nenhum jogador estava bem posionado para completar para as redes.

Muito criticado pelas atuações decepcionantes no começo do ano, Ronaldinho teve boa movimentação durante o primeiro tempo. Com dribles e boas jogadas, o meia foi incomodou o setor defensivo americano. Para parar o setor de criação do adversário, os volantes do América-MG abusaram das faltas no meio-campo, rendendo a Amaral um cartão amarelo após entrada dura em Willians.

A equipe mineira conseguiu acertar a marcação no sistema defensivo e passou a ficar mais tempo com a posse de bola, principalmente no campo de ataque. Fato que não interferiu nas chances de perigo do time. Os donos da casa só conseguiam arrematar ao gol em chutes de fora da área e sem direção, como o de Fábio Júnior aos 30min.

A partida que estava favorável ao Flamengo começou a se complicar. Ao dar a posse de bola para o adversário, a equipe carioca se viu pressionada. Aos 35min, Marcos Rocha avançou pelo lado direito e cruzou para a área. Fábio Júnior subiu sozinho no meio da área e cabeceou por cima da meta defendida por Felipe.

A criticada zaga flamenguista voltou a falhar e o América-MG chegou ao empate aos 37min. Amaral cobrou lançou bola na área em cobrança de falta pela esquerda. O zagueiro Welinton subiu sozinho, mas cabeceou para trás. O goleiro Felipe apenas observou a bola bater na trave. Ronaldo Angelim pegou o rebote, mas tentou sair jogando. Esperto, Alessandro aproveitou a lentidão do adversário e finalizou cruzado para igualou o marcador em Sete Lagoas.

Melhor antes de marcar o gol, o América passou a dominar a partida após o empate. Aos 42min, Fábio Júnior tabelou com Alessandro no meio do setor defensivo do Flamengo e arriscou de fora da área. Felipe teve que trabalhar pela primeira vez na partida ao espalmar para escanteio.

Os jogadores do Flamengo passaram a se enervar na partida e Willians recebeu cartão amarelo do árbitro mato-grossense Wagner Reway após cometer falta na entrada da área em Gilson. Amaral cobrou falta na área. Welinton não acompanhou Anderson, que subiu sozinho e cabeceou para o fundo dos gols, virando o marcador na Arena do Jacaré.

Para o segundo tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo voltou com Negueba no lugar do volante Luiz Antônio. A substituição demorou menos de um minuto para surtir efeito. Negueba fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para a área. Deivid se posicionou bem e cabeceou por cima do gol.

Assim como aconteceu na goleada sobre o Atlético-MG no último sábado, Ronaldinho cresceu em campo com Negueba. Aos 6min, o camisa 10 pedalou para cima do zagueiro Anderson, passou com facilidade e finalizou da entrada da área. A bola subiu um pouco e quase entrou no ângulo, saindo por cima do gol.

Assim como aconteceu no primeiro tempo, o Flamengo voltou a balançar as redes da Arena do Jacaré aos 10min. Thiago Neves carregou pelo meio e percebeu que Deivid conseguiu se livrar do zagueiro Gabriel na movimentação. O meia rolou para o centroavante, que tirou do goleiro e empatou a partida em Sete Lagoas.

O América-MG tentou criar jogadas pelas laterais de campo, mas os cruzamentos quase sempre encontravam as mãos do goleiro Felipe. Porém, o Fla era mais perigoso. Aos 23min, Willians tabelou com Thiago Neves, recebeu pelo lado esquerdo da área e cruzou. A bola passou perto de Deivid, que não conseguiu completar.

O equilíbrio da partida teve fim aos 26min. Willians puxava contra-ataque quando recebeu falta de Leandro Ferreira. O árbitro deu o segundo cartão amarelo para o volante, que foi expulso de campon e deixou o América-MG com um a menos e campo.

Preocupado para também não ter jogador expulso, Luxemburgo sacou o volante Willians para colocar o argentino Bottinelli. Depois, Diego Maurício entrou no lugar de Deivid. Nas duas alterações o técnico recebeu muitas vaias dos torcedores rubro-negros na Arena do Jacaré.

A entrada de Bottinelli se mostrou acertada. Aos 36min, o argentino recebeu passe de Ronaldinho e chutou colocado. O goleiro Flávio fez grande defesa e espalmou para escanteio. Mas quatro minutos depois a dupla funcionou. Bottinelli deixou Ronaldinho na cara do gol. O camisa 10 dominou e finalizou na saída do goleiro americano para virar a partida e colocar números finais no jogo.

América-MG 2 x 3 Flamengo

Gol
América-MG: Alessandro aos 37min e Anderson aos 45min do 1º tempo
Flamengo: Ronaldinho aos 10min do 1º tempo e aos 39min do 2º tempo; Deivid aos 10min do 2º tempo

América-MG
Flávio; Marcos Rocha, Anderson, Gabriel e Gilson; Dudu, Amaral (Kempes), Leandro Ferreira e Rodriguinho (Fabrício); Alessandro e Fábio Júnior (William Rocha)
Técnico: Mauro Fernandes

Flamengo
Felipe; Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Junior Cesar; Luiz Antônio (Negueba), Willians (Bottinelli) e Renato Abreu; Thiago Neves e Ronaldinho; Deivid (Diego Maurício)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cartões amarelos
América-MG: Amaral, Alessandro e Flávio
Flamengo: Willians, Ronaldinho, Junior Cesar e Bottinelli

Cartão vermelho
América-MG: Leandro Ferreira

Árbitro
Wagner Reway (MT)

Local
Arena do Jacaré, Sete Lagoas (MG)

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade