Fluminense

Fluminense

publicidade
09 de dezembro de 2012 • 10h10 • atualizado às 13h19

Flu entra na briga e pode tirar Wellington Silva do Flamengo

Wellington Silva tem contrato com o Flamengo apenas até o final de 2012
Foto: Mauro Pimentel / Terra

Flamengo e Fluminense disputam um clássico extra neste fim de ano. O clube tricolor está no páreo para contar com o lateral direito Wellington Silva no ano que vem, já que ele está emprestado pelo Resende ao rival rubro-negro apenas até o fim desta temporada.

O jogador foi um dos destaques do Fla no Brasileiro, e o clube tem prioridade para uma possível compra. No último sábado, o futuro homem forte do futebol rubro-negro, Flávio Godinho, chegou a procurar Léo Rabello, empresário do lateral, para combinar uma reunião nesta semana para tratar da possibilidade de mantê-lo no grupo.

Pelo que a reportagem apurou, o atual salário de Wellington é de aproximadamente R$ 20 mil. Para seguir na Gávea, ele deseja ao menos o dobro, valor já coberto pelo Flu.

Os tricolores acompanham a negociação de longe e, discretamente, conversam com pessoas ligadas ao atleta para sondar se ele tem desejo de seguir na Gávea ou vontade de iniciar a próxima temporada em um novo clube, já que Léo Moura pode voltar a jogar na lateral em 2013.

A busca por Wellington Silva se encaixa com o que o vice-presidente de futebol do Flu, Sandro Lima, comentou durante a última semana. Ele afirmou que a torcida iria ficar muito feliz com o nome que o clube procura para a lateral direita. Ao encaixar o quebra-cabeça, fica fácil perceber que qualquer tricolor gostaria que o clube tirasse um atleta do maior rival.

Além disso, nos últimos dias o nome do também lateral Nei perdeu força nas Laranjeiras, uma vez que o jogador, ex-Internacional, pediu um salário considerado muito alto pelos dirigentes. Outros jogadores citados foram Paulo Miranda, do São Paulo, mas os paulistas não querem negociá-lo. Cicinho, da Ponte Preta, chegou a ser cogitado, mas logo foi descartado.

Procurado pela reportagem, o diretor-executivo de futebol do Flu, Rodrigo Caetano, não negou interesse, mas manteve a posição do clube ao reafirmar que "não fala sobre nomes".

 

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Lancepress!