0

Fluminense passa pelo Quissamã e dorme na ponta do Grupo A

2 fev 2013
21h40
atualizado às 22h53

Sem muita dificuldade, o Fluminense venceu por 3 a 0 o Quissamã, neste sábado, em Macaé, pela Taça Guanabara. Com o resultado, os tricolores chegaram a 11 pontos e vão dormir na liderança do Grupo B, à frente de Flamengo e Audax. Já o Quissamã segue com um, na lanterna do Grupo A. Os gols da partida foram marcados por Jean, Wagner e Fred.

Na próxima rodada, o Fluminense terá o clássico contra o Vasco, no sábado. Já o Quissamã entra em campo no mesmo dia, contra o Bangu, em Moça Bonita.

O Jogo - A partida começou em ritmo acelerado, com as duas equipes desperdiçando uma oportunidade. Logo aos três minutos, o Fluminense quase abriu o placar quando Thiago Neves cobrou falta na área, a bola passou todo mundo e obrigou Ricardo a fazer grande defesa no reflaxo. No minuto seguinte, foi a vez do Quissamã assustar. Bruno Neves recebeu passe na área e chutou cruzado, quase sem ângulo, mas Diego Cavalieri estava bem colocado e salvou os tricolores.Depois disso, os dois time4s melhoraram a marcação e o duelo ficou muito concentrado no meio. Chance de gol somente aos 25 minutos. Fred recebeu fora da área e arriscou. No entanto, Ricardo apareceu novamente para salvar os donos da casa. O lance animou os tricolores, que seguiram melhores em campo e tiveram nova oportunidade aos 34. Carlinhos entrou na área pela esquerda e rolou para Fred. O atacante finalizou e viu Ricardo salvar o Quissamã com os pés.

Quando parecia que o jogo ia para o intervalo sem mudança no marcador, o Fluminense, enfim, abriu o placar, já nos acréscimos. Em cobrança de falta da entrada da área, Jean acertou o ângulo de Ricardo para deixar os tricolores com a vantagem.

Na etapa final, o Fluminense manteve o controle da partida. Com isso, os tricolores conseguiam ter mais posse de bola, mas não criava boa chance de perigo. O Quissamã não tinha qualidade para esboçar qualquer tipo de reação. Os donos da casa só chegaram bem aos 18 minutos, quando Bruno Neves arriscou de longe e obrigou Diego Cavalieri a fazer grande defesa.

O lance animou o Quissamã, que chegou a equilibrar o confronto durante alguns minutos. No entanto, o Fluminense não desperdiçou a melhor oportunidade no segundo tempo e sacramentou a vitória, aos 28 minutos. Após tabela rápida do ataque, a bola chegou para Wagner, que chutou cruzado, sem chance para Ricardo.

O revés foi sentido pelo Quissamã, que desanimou e permitiu o Fluminense atacar mais. Não demorou para os tricolores ampliarem o placar aos 40 minutos. Felipe tentou cruzar, mas Ricardinho cortou o passe com mão dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Fred cobrou com categoria para marcar o terceiro. Nos minutos finais, os tricolores apenas administraram o resultado até o apito final do árbitro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade