1 evento ao vivo

Pendurado, Conca vira preocupação para elenco do Fluminense

11 nov 2010
12h57
atualizado às 15h54

O meia argentino Darío Conca vem sendo apontado como o principal destaque do Fluminense, que lidera o Campeonato Brasileiro e caminha a passos largos para a conquista do título. Porém ele virou motivo de preocupação nas Laranjeiras. Não que o jogador tenha sofrido alguma lesão, mas ele vem entrando em campo pendurado com dois cartões amarelos. Caso seja advertido até a penúltima rodada, vai desfalcar o clube tricolor na reta final da competição.

Conca é presença constante do elenco titular desde o início do ano, mas está pendurado para as últimas rodadas
Conca é presença constante do elenco titular desde o início do ano, mas está pendurado para as últimas rodadas
Foto: Wallace Teixeira/Photocamera / Divulgação

A comissão técnica não passou nenhuma orientação a Conca para que ele evite ser advertido, até porque o jogador costuma apresentar um espírito guerreiro em campo e acaba ficando sujeito à advertência. Entendendo a importância do argentino para a equipe, seus companheiros preferem tentar esquecer a situação para que o prejuízo não se concretize.

"Nós esperamos que o Conca possa jogar todas as partidas nesta reta final de Campeonato Brasileiro porque é um jogador muito importante para o nosso grupo e pode fazer a diferença dentro de campo", explicou o zagueiro Leandro Euzébio.

O volante Fernando Bob acredita, inclusive, que o assunto deve ser deixado de lado pela imprensa. "É melhor nem ficar falando sobre isso para não chamar atenção. Não pensamos na possibilidade de perder o Conca, que é um jogador fundamental para a nossa equipe. Não queremos que essa punição aconteça", disse.

Para o meia brasileiro naturalizado português Deco, a ausência de Conca em algum jogo desta reta final de Campeonato Brasileiro não vai comprometer a conquista do título. Apesar disso, ele reconhece que o clube tricolor terá problemas sem o principal articulador de jogadas.

"Concordo que quanto menos se falar melhor, pois assim os árbitros não ficarão lembrando que o Conca tem dois cartões amarelos. Nenhum jogador é insubstituível e o Fluminense conta com um grupo de muita qualidade. Mas não dá para negar que o Conca faria muita falta pelo seu estilo de jogo e pela importância que ele tem para todos nós", encerrou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade