0

À beira de adeus de Neymar, Santos inicia reestruturação no ataque

22 mai 2013
14h49
atualizado às 14h54
  • separator

Sinônimo de gols e futebol encantador desde 2010, na "explosão da era Neymar", o ataque do Santos está à beira de uma grande reestruturação. A principal mudança se deve ao camisa 11, que pode estar, enfim, próximo da despedida com a camisa da equipe santista.

Aliado a isso, o técnico Muricy conta com o adeus do centroavante André, que fez parte dos tempos áureos da "máquina de fazer gols" nos últimos anos e está de saída para o Vasco da Gama. Na última terça, ele fez o seu último treino no Peixe.

Sem a presença de ambos, o Alvinegro perde quase a metade do seu poderio ofensivo para a temporada. Juntos, eles foram responsáveis por 19 gols, enquanto a equipe, em seu total, marcou 43 gols em 2013. O camisa 11, no entanto, não balança as redes há seis partidas.

Para iniciar a reestruturação, os dirigentes e o técnico Muricy Ramalho apostaram na contratação do atacante Henrique, ex-Mogi Mirim, que chegou ao clube na última terça-feira e já será titular para o duelo com o Joinville, nesta quarta.

Outro jogador que deve aportar na Vila Belmiro nos próximos dias é o centroavante William José, do Grêmio. Sem espaço na equipe gaúcha, onde atuou apenas nove vezes e marcou três gols, ele deve chegar por empréstimo até maior de 2014.

Caso não segure Neymar até o fim do seu contrato, em julho de 2014, o Santos apostará na contratação do atacante Robinho, ídolo da torcida. Na última quarta-feira, gerente de futebol disse que o clube entrará em contato com o jogador, que está curtindo as férias na Baixada Santista.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade