1 evento ao vivo

A-Mor: conheça a caçula e amiga de Marta que arrasa corações

14 jul 2011
07h40
atualizado às 11h02
Dassler Marques
Direto de Mönchengladbach (Alemanha)

Entre declarações de amor, sendo muitas politicamente incorretas e impublicáveis, Alex Morgan recebeu mais de 40 pedidos de casamento no Facebook em pouco mais de uma hora na tarde desta quarta-feira. A-Mor, como também é conhecida pela junção de seus dois nomes, marcou o terceiro e mais belo gol dos Estados Unidos na vitória por 3 a 1 sobre a França, em Mönchengladbach. Beleza, aliás, é algo comum para a mais jovem jogadora americana na Copa do Mundo.

Atacante do Western New York Flash, onde divide o time titular com as brasileiras Marta e Maurine, ela desponta como a maior promessa do futebol feminino nos Estados Unidos. Do banco de reservas, Morgan tem sido fundamental em todos os jogos, o que se repetiu desde os 10 minutos do segundo tempo contra a França, quando substituiu Rodríguez e melhorou o time americano.

"Adoro começar as partidas do início, mas jogar só o segundo tempo também não é um problema. Sei que ainda terei muitas Copas do Mundo pela frente", declarou uma Alex Morgan visivelmente emocionada na saída do Borussia Park. É seu jeito delicado e sua beleza evidente que despertam paixões nos fãs americanos nas redes sociais. "Olá Alex, moro no Rio de Janeiro. Por que você não vem jogar no time de Pelé", postou um fã carioca no Facebook.

Questionada a respeito da ligação com o Brasil, ela lembra que é muito próxima de duas jogadoras da Seleção. "Estou sempre com Marta e Maurine e elas me falam muito sobre o Brasil. Seria ótimo poder conhecer em algum momento", conta a atacante, que nasceu na Califórnia e completou 22 anos no último dia 2 de julho.

Parceira de ataque ao longo de todo o segundo tempo contra a França, Abby Wambach tratou de elogiar Morgan. "Estamos criando uma nova geração. Foi o primeiro gol de Alex em Copas e tenho certeza que será o primeiro de muitos. Ela é uma jogadora de talento e com um futuro enorme", disse a centroavante, que marcou, contra o Brasil, no último instante da prorrogação.

Morgan retribuiu as palavras e disse se inspirar na colega, mais experiente. "Abby é uma jogadora incrível e sempre está nos motivando muito. Adoro jogar com ela, é algo fantástico e a todo momento estou tentando ouvir o que ela tem a me dizer", explicou Alex, cujo currículo já era preenchido por gols relevantes.

O mais importante, na repescagem contra a Itália, teve contribuição decisiva para que os Estados Unidos obtivessem a vaga na Copa. O mais belo se deu em 2008, no Chile, durante o Mundial Sub-20, contra a Coreia do Norte. O gol também foi o mais bonito do torneio e o segundo do ano em eleição geral da Fifa. Contra a França, Morgan uniu beleza e relevância. E ganhou pedidos e mais pedidos de casamento.

Jovem promessa da seleção americana, Alex Morgan chama a atenção na Copa do Mundo de futebol feminino
Jovem promessa da seleção americana, Alex Morgan chama a atenção na Copa do Mundo de futebol feminino
Foto: Getty Images
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade