0

Acorrentado, santista pede saída Luis Alvaro antes de clássico

7 ago 2013
20h58
atualizado às 21h30

Parte da torcida do Santos tem aproveitado os últimos dias para protestar contra a atual diretoria. E nesta quarta-feira, antes do clássico contra o Corinthians, não foi diferente. Em frente à Vila Belmiro, um grupo de torcedores instalou um banner com uma fotografia do presidente Luis Alvaro Ribeiro e do vice Odílio Rodrigues. Na mensagem, os dizeres "Fora Odilio e Laor", como o mandatário é conhecido.

Um torcedor, que se identificou como Luizinho, foi mais ousado e chegou ao estádio acorrentado, com correntes ligando os pés às mãos e presas em um dos banners.

- A torcida está acorrentada à diretoria - justificou o santista.

Outras faixas pediam a convocação de eleições imediatas, sendo que as próximas estão previstas para acontecer em dezembro de 2014, quando termina o mandato da atual gestão.

A Torcida Jovem, maior organizada do clube, também aproveitou o embate para divulgar um planfeto com mensagem que já havia sido publicada em seu site oficial na última terça-feira. A entidade exigia a demissão do gerente de futebol Nei Pandolfo, e dos membros do Comitê de Gestão. Nesta quarta-feira, eles tiveram parte do pedido atendido, com o anúncio de Zinho no lugar de Nei, e as saídas de Pedro Luiz Conceição e Caio di Stéfano, os dois últimos ex-membros do Comitê, que ainda tem seis integrantes.

A crise no Santos, que já vivia ambiente politico conturbado, se agravou depois da goleada de 8 a 0 para o Barcelona (ESP) na última sexta-feira. Na última segunda, Luciano Moita, membro do Comitê de Gestão, teve seu escritório em Santos apedrejado e até familiar de dirigente foi ameaçado.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade