1 evento ao vivo

Adalberto critica veto aos tricolores e diz: 'São Paulo buscará os responsáveis'

26 mai 2013
15h49

O diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista, criticou a Ponte Preta, na tarde deste domingo, antes do jogo entre as equipes, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Por conta de obras no setor visitante do estádio Moisés Lucarelli, a Polícia Militar vetou a presença de duas torcidas no estádio e, com isso, somente haverá torcedores do time campineiro.

De acordo com o dirigente tricolor, o São Paulo foi avisado somente na noite de sexta-feira e afirma que o clube buscará os responsáveis para representar os seus torcedores.

- Realmente é uma vergonha o que a gente está vendo, torcedores já haviam comprado ingressos, até torcedores de cidades vizinhas, mas obstados de estarem no jogo, e foram avisados somente no sábado. O São paulo não ficará quieto, buscará os responsáveis, em todas as esferas, social e judicial, que puder para representá-los em defesa da lastimável coisa que vemos aqui. O São Paulo vai lutar por isso - declarou o cartola, à rádio Globo.

A Ponte Preta está mudando o vestiário da equipe visitante de lado, para transferir a entrada dos times de fora para o portões dos fundos. A mudança é um pedido da própria PM para liberar a entrada dos sócios-torcedores pelos portões laterais, próximo à entrada do vestiário visitante. A previsão é que de fique pronto apenas para o segundo jogo da Macaca em casa, mas a ideia era ter a obra faltando ajustes finais para poder receber o jogo contra o São Paulo.

Adalberto Baptista também afirmou que houve uma violação nos direitos do consumidor e espera que a reivindicação seja efetiva no caso.

- Eu espero que dê alguma coisa. É lastimável, primeira partida no campeonato, em que todo o jogo tem a mesma importância, são os mesmos três pontos contra o Corinthians, Flamengo... O visitante tem possibilidade até 10% da carga, além de tudo, o regulamento está sendo infringido, o direito do consumidor. Já havíamos comprado até 350 ingressos a mais com a Ponte. Eu fiquei sabendo sexta à noite, foi lastimável, e os nossos torcedores serem comunicados apenas ontem (sábado) - completou o dirigente.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade