0

Ainda titular do Timão, Danilo revela conselhos do amigo Julio Cesar

31 jan 2013
20h31
atualizado às 21h44

Na semana passada, Tite reuniu Julio Cesar e Danilo Fernandes em um dos campos do CT e afirmou que, a partir daquele momento, o revezamento de goleiros estava encerrado. Enquanto o titular Cássio não se recuperasse das dores no ombro, o segundo ganharia uma sequência na meta, deixando o antigo titular como opção.

Naquele momento, apenas dois jogos haviam se passado. No primeiro, empate por 1 a 1 com o Paulista de Jundiaí, com falha de Julio Cesar. No segundo, derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, mas com boas defesas de Danilo Fernandes. Dali pra frente, o camisa 22 foi titular nas vitórias contra Mirassol e Mogi Mirim e será mantido para o jogo contra o Oeste, domingo, no Pacaembu.

- Como venho falando, sempre trabalho e treino para poder jogar. Quando a chance é dada, tenho de agarrar da melhor maneira. Ser o substituto imediato do Cássio é uma honra. No ano passado ele foi perfeito. Fico tranquilo porque tenho a confiança dele, do Julio (Cesar), da comissão técnica e da direção. É uma satisfação imensa jogar e suprir essa necessidade - afirmou.

E ao falar sobre Julio Cesar, que agora é terceiro goleiro da equipe, Danilo tratou de defender o amigo e garantiu que vem recebendo apoio e conselhos do jogador, que foi campeão brasileiro em 2011 como titular.

- Somos grandes amigos, temos amizade fora do campo. Ele está bem tranquilo, eu também, tenho a confiança dele. Me dá todo o apoio possível, incentiva, fala o que posso fazer ou não. É uma excelente pessoa, isso dá confiança. Trabalhar com a confiança de quem nos assiste é sempre bom - revelou ele, antes de opinar sobre o gol sofrido pelo companheiro na primeira rodada do Paulistão Chevrolet:

- Acho que o Julio não falhou no gol, foi mérito do atacante, que vem em velocidade e a gente (goleiros) está parado. Procuro fazer o simples e não inventar - resumiu.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade