0

Anelka ironiza Lizarazu e diz: "explosão" na França era inevitável

15 jul 2010
08h42
atualizado às 09h24

A eliminação precoce da França na Copa do Mundo da África do Sul ainda repercute no país. Símbolo da confusa equipe francesa, o atacante Nicolás Anelka, expulso da concentração após discutir com o técnico Raymond Domenech, rebateu as declarações do ex-lateral Lizarazu, que desaprovou a atitude dos jogadores franceses.

De acordo com o jornal francês France Football, Anelka ironizou o agora comentarista e disse de forma sarcástica "quem é Lizarazu?". Em seguida, afirmou que o ex-jogador é frustrado por não ter nenhum reconhecimento e completou dizendo que Lizarazu esqueceu que fez parte do time de 2002, que também fracassou e foi eliminado na primeira fase da Copa da Ásia.

A saída de Anelka causou uma revolta generalizada dos jogadores, que se recusaram a treinar e deixaram o ambiente carregado. Mas o atacante se defendeu e disse ao jornal France-Soir que se não fosse ele outro jogador iria explodir, deixando evidente que o clima era ruim.

Anelka ainda elogiou o atitude do meio-campista Jeremy Toulalan, que admitiu estar por trás da carta lida por Raymond Domenech quando os jogadores se recusaram a treinar. Para o atacante, Toulalan mostrou atitude e coragem.

Anelka rebateu as críticas feitas pelo ex-lateral Lizarazu sobre a confusão na França durante a Copa
Anelka rebateu as críticas feitas pelo ex-lateral Lizarazu sobre a confusão na França durante a Copa
Foto: Getty Images
Fonte: Redação Terra
publicidade