Futebol

publicidade
05 de maio de 2013 • 15h22 • atualizado às 15h35

Árbitro morre 8 dias após ser agredido por jovem em campo nos EUA

Familiar exibe foto do árbitro que morreu após agressão
Foto: AP

O árbitro Ricardo Portillo faleceu na noite do último sábado oito dias após ser agredido quando apitava uma partida de futebol amador, em Salt Lake City, nos Estados Unidos. Ele levou um soco na nuca de um menor de idade. O jogador de 17 anos, que não teve sua identidade divulgada por ser menor, ficou irritado com uma falta marcada por Portillo, que lhe rendeu também um cartão amarelo.

Segundo uma irmã do juiz, quando ele anotava o nome do atleta, o agressor veio por trás e lhe deu um soco na nuca. Curiosamente, Portillo continuou apitando o jogo normalmente.

Após alguns momentos, porém, ele precisou se sentar e começou a vomitar sangue, segundo testemunhas. Imediatamente o árbitro foi levado ao hospital. O menor de idade se entregou no sábado, antes da morte de Portillo, e está sob custódia juvenil. Ele pode ser indiciado por homicídio, dependendo do resultado da autópsia.

 

Lancepress!