0

Argentina tem classificação para a Copa adiada com empate com Equador

11 jun 2013
20h04
atualizado às 20h21

O painel avisa que o embarque está previsto, mas o voo até o Brasil vai demorar um pouco mais. Na sala de espera para o Mundial-2014, a Argentina teve a viagem postergada com o empate com o Equador em 1 a 1, nesta terça-feira, na altitude de Quito.

A Albiceleste segue confortável na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas, com 26 pontos. Já o time da casa também está bem colocado: terceiro, somando 21.

A ausência de Messi reflete na mentalidade do time. A Albiceleste fica sem repertório, acuada atrás, esperando o contra-ataque e, rifando todos os lances de ataque com tiros de fora da área. Foram raras as vezes que a a seleção entrou na área do Equador.

Os disparos de fora até renderam. No primeiro lance do jogo, Di María chutou. Domínguez rebateu e cometeu pênalti em Palacio. Agüero cobrou e mandou a pelota lá dentro.

A Argentina deixou o Equador crescer e marcou muito mal na retaguarda. Numa bola aérea, Castillo foi no quinto andar e deixou tudo igual.

A seleção equatoriana apertou. Mas não dá para contar com um especialista em saltos ornamentais como homem de referência. Caicedo mergulhava toda jogada, pressionando o árbitro para a marcação de um pênalti.

Com Messi em campo durante meia hora da segunda etapa, a Argentina melhorou justamente por conta do craque, que teve uma ótima chance numa linda arrancada, mas foi fominha na hora H.

FICHA TÉCNICA

EQUADOR 1 X 1 ARGENTINA

Local: Olímpico de Atahualpa, em Quito (ECU)

Data e hora: 11 de junho de 2013, às 23h (horário de Brasília)

Árbitro: Enrique Cáceres (PAR)

Auxiliares: Rodney Aquino (PAR) e Dario Gaona (PAR)

Cartão Amarelo: Domínguez, Caicedo, Saritama (ECU); Fernandéz, Garay, Di María (ARG)

Cartão Vermelho: Mascherano, 40/2ºT (ARG)

Gols: Agüero, 3'/1ºT (0-1); Castillo, 16'/2ºT (1-1)

EQUADOR: Domínguez, Reascos (Ibarra, 24'/2ºT), Guaga, Erazo e Ayovi; Valencia, Noboa (Saritama, 24'/2ºT), Castillo e Montero; Rojas (Anangono, 45'/2ºT) e Caicedo. Técnico: Reinaldo Rueda

ARGENTINA: Romero, Peruzzi, Basanta, Fernadéz, Garay e Rojo; Mascherano, Banega (Biglia, 26'/2ºT) e Di María; Agüero (Messi, 15'/2ºT) e Palacio (Braña, 45'/2ºT). Técnico: Alejandro Sabella

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade