0

Atlético-MG goleia o Cruzeiro e dá passo importante rumo ao título mineiro

12 mai 2013
18h10
atualizado às 18h18

No primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG deu um passo importante para a conquista do título ao golear, no Estádio Independência, o arquirrival Cruzeiro por 3 a 0, com gols dos atacantes Jô e Diego Tardelli e o lateral-direito Marcos Rocha, respectivamente.

As duas equipes se enfrentarão novamente no próximo domingo, às 16h, no Mineirão. O Galo pode ser derrotado por até dois gols de diferença que levará o troféu para a Sede de Lourdes. A Raposa, por sua vez, necessita vencer por três de vantagem para ficar com o título.

O JOGO

O primeiro tempo foi todo ditado pelo mandante. Maestro da equipe alvinegra, Ronaldinho foi o responsável pelas principais oportunidades de gol. Apenas nos 45 minutos iniciais, o camisa 10 deixou Jô (duas vezes), Diego Tardelli e Gilberto Silva em condições de marcar.

Além dos passes milimétricos, o craque atleticano teve a sua chance de balançar a rede. Contudo, foi claramente segurado pelo lateral-direito Ceará, enquanto Fábio colocou a bola para fora. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira nada assinalou no lance, que ocorreu aos 11 minutos.

A torcida que deteve maior público no estádio, todavia, não demorou muito para celebrar. Quatro minutos após a infração não marcada, o centroavante Jô recebeu ótimo passe de Ronaldinho e balançou a meta adversária.

Depois do gol, o Galo continuou sobrando em campo. O goleiro Fábio, pelo lado da Raposa, fez excelentes defesas e evitou que o revés fosse ainda maior na etapa inicial.

Na volta do intervalo, com o intuito de alterar o panorama ofensivo, o técnico Marcelo Oliveira colocou Ricardo Goulart e Egídio nas vagas de Éverton Ribeiro e Everton, respectivamente. As mudanças do treinador foram prejudicadas logo aos nove minutos, quando Bruno Rodrigo cometeu falta em Ronaldinho e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso do compromisso.

Com um atleta a mais, o Atlético-MG diminuiu o seu ímpeto. As tentativas de marcar não foram tão frequentes como no primeiro tempo. O Cruzeiro, por sua vez, melhorou no confronto e, inclusive, acertou a trave esquerda do goleiro Victor com o meia-atacante Diego Souza, aos 15 minutos.

Apesar do esboço de melhora da Raposa, o time da casa recuperou a sua intensidade e balançou a rede adversária novamente. O craque Ronaldinho deu nova assistência. O autor do gol, porém, foi o atacante Diego Tardelli, bem posicionado na jogada.

A festa da torcida alvinegra ficou completa aos 33 minutos da etapa complementar, quando Marcos Rocha aproveitou o rebote de uma cabeçada de Jô e adentrou a meta defendida pelo goleiro Fábio.

Além do triunfo, o Galo quebrou a invencibilidade da Raposa, que já durava 15 jogos, desde a estreia do Campeonato Mineiro.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X CRUZEIRO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data – hora: 12/5/2013 – às 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Asp. Fifa/SP) – Pablo Santos (ES) – 35’/2ºT

Assistentes: Alessandro Rocha Matos (Fifa/BA) e Fábio Ferreira (Fifa/TO)

Cartões amarelos: Gilberto Silva, Réver, Pierre (CAM); Éverton Ribeiro, Bruno Rodrigo, Everton, Dagoberto, Ceará, Diego Souza (CRU)

Cartão vermelho: Bruno Rodrigo (CRU)

Gols: Jô – 15’/1ºT (1-0); Diego Tardelli – 27’/2ºT (2-0); Marcos Rocha – 33’/2ºT (3-0)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Gilberto Silva e Richarlyson; Pierre (Josué – 13’/2ºT), Leandro Donizete (Rosinei – 43’/2ºT), Bernard (Luan – 39’/2ºT), Ronaldinho e Diego Tardelli; Jô. Técnico: Cuca.

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Léo e Everton (Egídio – intervalo); Leandro Guerreiro, Nilton, Éverton Ribeiro (Ricardo Goulart – intervalo) e Diego Souza; Dagoberto (Bruno Rodrigo – 12’/2ºT) e Borges. Técnico: Marcelo Oliveira.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade