2 eventos ao vivo

Autor de um gol, Rafinha chama a atenção de Dunga pela personalidade

9 set 2015
00h38
  • separator
  • comentários

O meia Rafinha foi chamado de última hora para os amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos – já que Ramires se lesionou – e aproveitou as oportunidades que teve. Nesta terça-feira, diante dos norte-americanos, o filho de Mazinho substituiu Douglas Costa no segundo tempo e anotou um belo gol, o terceiro da Seleção Brasileira na vitória por 4 a 1 em Foxborough.

“O Rafinha é um jogador de Seleção olímpica. Tem personalidade, joga pelo Barcelona e faz as coisas com muita naturalidade, o que facilita para a gente. Além da qualidade técnica, possui a competitividade que queremos para o Brasil”, enalteceu o técnico Dunga.

Rafinha também ficou satisfeito com as suas atuações. Diante da Costa Rica, quando entrou no lugar do volante Luiz Gustavo no decorrer do jogo, disse ter vivido “o melhor dia da vida”. Também lembrou que sempre sonhou em defender o Brasil, e não a Espanha, como faz o irmão Thiago.

Desta vez, Rafinha deixou o gramado sem conceder entrevistas. Nem era necessário falar muito, pois ele já havia conseguido chamar a atenção de Dunga com a atuação. “Colocamos jogadores de Seleção olímpica que mantiveram o nível daqueles da principal. Eles jogam a Champions por seus clubes, então não tem dificuldades. A cada dia que passa, colocam mais um probleminha na minha cabeça”, sorriu o treinador.

De qualquer forma, Rafinha não foi o único que agradou. “O Fabinho, o Marquinhos, o Firmino, o Lucas... Todos estiveram em um nível muito bom. Já o Neymar não é nenhuma novidade”, concluiu Dunga.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade