PUBLICIDADE

Bacalhau à Bras: o prato favorito de Cristiano Ronaldo

30 dez 2014 16h26
Publicidade

Mais do que sopas e peixes grelhados, também suas paixões à mesa, Cristiano Ronaldo é um fã incondicional de um dos pratos mais famosos da gastronomia portuguesa, o Bacalhau à Brás, afirmou à Agência Efe o cozinheiro da seleção lusitana, Hélio Loureiro.

Embora não seja um prato para ser apreciado "todos os dias" - leva batata palha e ovos batidos e é muito calórico -, e levando-se em conta a alimentação regrada do craque, o prestigiado chef não tem dúvidas de que este prato é o que mais agrada ao jogador.

"Sua mãe já o disse publicamente, o prato favorito dele é o Bacalhau à Brás", afirmou Loureiro, que, junto com Luís Lavrador, trabalha há quase 20 anos na cozinha da seleção de Portugal.

Por ter estado com Cristiano em torneios de longa duração, como Copas do Mundo e Eurocopas, Loureiro conhece de perto o cuidado que o atacante tem com sua alimentação, que também é supervisionada por nutricionistas.

"É um atleta completo, que vive para seu trabalho. Acho que é um modelo. Não por acaso é o melhor do mundo, tanto pelo trabalho que desempenha como pela atitude que tem na vida", afirmou.

O chef vê em Cristiano um atleta ciente da importância de se nutrir bem para render ao máximo.

"Se ele comesse fast-food todos os dias, não poderia ter o mesmo rendimento no campo", explicou.

Loureiro, também chef de cozinha do Porto Palácio Congress Hotel & Spa e autor de vários livros sobre o impacto da alimentação na saúde, é testemunha de como evoluiu a comida destinada aos jogadores profissionais.

Desde sua primeira experiência, em 1989, quando começou a preparar os menus para o elenco do Porto, Loureiro identificou vários clichês alimentícios, que foram derrubados graças ao acesso à tecnologia e à informação.

"Acreditava-se que um filé em sangue, quase cru, era o que dava força. Era uma ideia concebida sem muito fundamento, que foi se desfazendo pouco a pouco graças ao trabalho dos médicos e dos nutricionistas", exemplificou.

Entre os jogadores, era comum a crença de que nem o peixe, nem as verduras, davam energia suficiente, lembrou.

No entanto, a evolução na nutrição mudou a forma de pensar dos jogadores. "Atualmente, todos ou quase todos os atletas de alto rendimento sabem que uma alimentação saudável lhes permite um melhor desempenho".

Como prato mais nutritivo e saudável no cardápio de um jogador, Loureiro escolhe, sem hesitar, a sopa, muito comum em Portugal, sobretudo nas zonas rurais e também apreciada por Cristiano Ronaldo.

"A sopa deveria ser o prato obrigatório de todas as pessoas. Tem verduras, é reconfortante e nela podem ser colocados todos os tipos de nutrientes", disse.

EFE   
Publicidade