4 eventos ao vivo

Bayern goleia o Barça e tem um pé na final da 'Champions'

23 abr 2013
18h19
atualizado às 18h22

O Bayern de Munique deu grande passo rumo à final da Liga dos Campeões, nesta terça-feira, ao atropelar o Barcelona por 4 a 0 na partida de ida das semifinais que disputou na frente da sua torcida na Allianz-Arena.

O duelo entre os dois grandes favoritos ao título tinha cara de final antecipada e ninguém esperava que o Barça fosse levar uma goleada tão humilhante.

O meia Thomas Muller foi o grande destaque da partida ao balançar as redes duas vezes, além de participar das jogadas dos outros dois gols do time bávaro.

O craque argentino Lionel Messi, que havia desfalcado o time catalão nas últimas rodadas do Campeonato Espanhol por causa de uma lesão muscular na coxa, foi escalado como titular, mas teve uma atuação muito abaixo do esperado, deixando entender que não estava 100%.

Com o baile que levou em Munique, o Barça vai precisar vencer por pelo menos quatro gols de diferença na partida de volta, prevista para o 1º de maio no Camp Nou.

Os catalães esperam repetir a façanha das oitavas de final, quando calaram os críticos após uma derrota no jogo de ida ao golear o Milan por 4 a 0.

No entanto, a situação era diferente: o Barça tinha perdido 'apenas' por 2 a 0 e o Bayern mostrou nesta terça-feira um nível de jogo bem superior aos dos italianos.

Classificado para a final da Copa da Alemanha e com o título da Bundesliga já garantido desde o dia 6 de abril, o Bayern sonha mais do que nunca com a inédita 'tríplice coroa'.

"Partimos para cima com tudo, estamos muito felizes hoje à noite, o resultado foi merecido. Sabíamos que tínhamos jogadores decisivos para fazer gols. Temos muito prazer em jogar juntos e todo mundo correu muito para ajudar a equipe", comemorou o meia francês Franck Ribéry, que deu lindas arrancadas e foi fundamental na articulação das jogadas.

O time alemão também deu o troco da derrota contundente que sofreu para os catalães nas quartas de final da edição 2009 da 'Champions', devolvendo o 4 a 0 que levou na partida de ida no Camp Nou.

Os bávaros foram eliminados da competição ao empatar em 1 a 1 em Munique, enquanto o Barça acabou conquistando o título.

Desta vez, o Bayern mostrou outra cara, partindo para cima logo no início da partida.

O holandês Arjen Robben por pouco não abriu o placar com dois minutos de bola rolando após receber um belo toque de calcanhar de Mario Gomez, mas o goleiro Victor Valdés defendeu no reflexo com o pé.

O time da casa saiu na frente aos 25 minutos de jogo, quando o zagueiro brasileiro Dante recebeu um cruzamento do holandês Arjen Robben e ajeitou de cabeça para Thomas Muller mandar a bola para as redes com outro cabeceio.

Dante voltou a se destacar quatro minutos depois, quando salvou sua equipe ao cortar um cruzamento de Pedro, tirando a bola de Messi que já tinha armado seu chute.

O segundo gol do time bávaro saiu aos 4 do segundo tempo numa jogada semelhante à do primeiro. Em mais um cruzamento de Robben, foi a vez de Muller desviar a bola de cabeça para Mario Gomez ampliar o marcador.

Robben também deixou o dele, aos 28, quando foi lançado na esquerda por Ribéry, invadiu a área e fez 3 a 0 com um lindo chute sem ângulo.

Os jogadores do Barcelona chegaram a reclamar do lance, já que Muller, em jogada mais comum em partidas de basquete, colocou-se à frente de Jordi Alba, que acabou caindo no gramado, deixando o holandês com caminho livre para ficar cara a cara com o goleiro Victor Valdéz.

Muller fechou a goleada aos 36, quando recebeu um ótimo cruzamento do austríaco David Alaba e balançou as redes de primeira, levando a torcida do Bayern ao delírio.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade