0

Boavista bate o Quissamã e vence a primeira no Carioca

30 jan 2013
19h34
atualizado às 19h57

Desesperados, Quissamã e Boavista duelaram em busca da primeira vitória no ano nesta quarta-feira. Com o placar de 1 a 0, o triunfo no Moacyrzão ficou com o Boavista, graças ao gol de Gilcimar no início do segundo tempo. Enquanto o Quissamã se mantém na lanterna do Grupo A, com apenas 1 ponto conquistado, o Boavista chega aos 4 pontos no Grupo B.

O Quissamã começou melhor a partida. O time chegou com perigo aos 4 minutos. Thiago Reis bateu falta e Edson escorou para Cleiton, que foi derrubado na área. A equipe pediu pênalti, mas árbitro mandou seguir. O Boavista respondeu aos 15 minutos. Erick Flores puxou contra-ataque e rolou para Leandro Chaves, que bateu cruzado para Leonardo no segundo pau. No entanto, chegou atrasado.

Aos 25 minutos, a melhor chance do Quissamã. Marquinho deixou com Bruno Reis na direita, que cruzou na cabeça de Rinaldo, que resvalou na bola para a defesa de Vinicius em dois tempos. Aos 30, Thiago Reis deixou Bruno Reis livre na direita. Ele cortou o zagueiro e bateu para a defesa de Vinicius, que deu rebote. Na sequência, a zaga jogou para a linha de fundo.

O Quissamã quase abriu o placar aos 33 minutos. Marquinho escapou pela esquerda e bateu fechado. Vinicius espalmou. Na sequencia a bola sobrou para Ricardinho que bateu para a defesa milagrosa de Vinicius.

No início do segundo tempo, o Boavista pressionou. Gilcimar recebeu na área e fez o pivô para Leandro Chaves, que bateu para a defesa a queima-roupa de Ricardo. Pouco depois, Gilcimar abriu o placar. Paulo Rodrigues bateu falta na área, Gilcimar se antecipou à defesa e fez 1 a 0.

Com o tempo, o Quissamã esboçou chegadas com perigo. Em cobrança de falta, Thiago Reis cobrou colocado e a bola passou tirando tinta da trave. Mas a resposta foi rápida. Dois minutos depois, o Boavista perdeu chance incrível com Gilcimar, que ganhou na corrida do zagueiro, mas na hora do chute, tocou por cima do gol.

Aos 11, em boa jogada, Erick Flores puxou contra ataque e deixou Gilcimar sozinho. No entanto, o chute saiu torto pela linha de fundo. Em seguida, quase o segundo. Gilcimar bateu travado, pegou o rebote e, na sequência, rolaou para Thiaguinho que bateu para a defesa de Ricardo.

O Boavista tentou ampliar até o final da partida. Aos 40 minutos, Tulio Souza finalizou forte, mas Ricardo fez a defesa sem problemas e a partida terminou com o placar de 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

QUISSAMÃ 0 X 1 BOAVISTA

Estádio: Moacyrzão, Macaé (RJ)

Data - Hora: 30/01/2013 - às 17h (horário de Brasília)

Árbitro: Estevão Cunha da Trindade (RJ)

Assistentes: Diogo Carvalho Silva (RJ) e Romário Falci do Carmo Junior (RJ)

Cartões amarelos: Erick Flores, Julio Cesar, Romulo, Gilcimar, Max Pardal (BOA); Ricardinho, Bruno Neves, Thiago Trindade, Duiguinho (QUI).

Cartões Vermelhos: Nenhum.

GOLS: Gilcimar, 2'/2ºT (0-1)

QUISSAMÃ: Ricardo; Bruno Reis (Diguinho, aos 36’/2T), Edson, Juan, Ricardinho, Thiago Reis, Cleiton, Bruno Neves (Thiaguinho, aos 18’/2T), Rinaldo (Marcelinho, aos 26’/2T), Marquinho e Thiaguinho Trindade. Técnico: Marcelo Buarque.

BOAVISTA: Vinicius; Leonardo, Gustavo, Jorge Felipe, Julio Cesar, Paulo Rodrigues, Romarinho (Thiaguinho, intervalo), Rômulo, Gilcimar (Max Pardal, aos 33’/2T), Leandro Chaves e Erick Flores (Tulio Souza, aos 26’/2T). Técnico: Lucho Nizzo.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade