4 eventos ao vivo

Borussia perde várias chances e fica no 0 a 0 com Málaga na 'Champions'

3 abr 2013
18h25
atualizado às 18h41

O Borussia Dortmund empatou sem gols com Málaga, nesta quarta-feira no estádio Rosaleda da cidade andaluz, na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões.

O atual bicampeão da Bundesliga é o último time invicto da competição, já que na terça-feira a Juventus perdeu por 2 a 0 para outro time alemão, o Bayern de Munique.

No entanto, o resultado foi frustrante para o time comandado pelo técnico Jurgen Klopp, que desperdiçou várias chances claras de gol, principalmente no primeiro tempo.

"Não é o resultado ideal mas é melhor do que uma derrota", comentou o lateral Schmelzer depois da partida.

Já o time espanhol, grande revelação desta temporada, continua sonhando com a classificação história para as semifinais, coisa que seu técnico Manuel Pellegrini já conseguiu em 2006 com o Villareal, que também era estreante no torneio.

O goleiro argentino Caballero teve uma grande atuação, salvando os andaluzes várias vezes, ganhando dois duelos cara a cara com o jovem meia Mario Gotze no início da partida, aos 14 e aos 19 minutos de jogo.

Caballero voltou a brilhar aos 23 e aos 45, em chutes perigosos de Reus et Kehl.

O Málaga jogou com Júlio Baptista como titular no ataque, mas foi outro brasileiro, o zagueiro Weligton, que teve a chance mais clara do time espanhol na primeira etapa, quando cabeceou para a defesa de Weidenfeller aos 42

Logo depois do intervalo, o atacante polonês Lewandowski desperdiçou mais uma oportunidade de ouro para o Borussia quando furou de forma inexplicável enquanto estava sozinho na marca do pênalti.

Gotze voltou a ameaçar aos 20, mas seu chute sem ângulo passou por pouco para fora.

O Málaga cresceu com boas jogadas do jovem meia Isco, mas Weidenfeller manteve o placar em 0 a 0.

Com o resultado, o Borussia contará com o apoio da sua torcida no Signal Iduna Park de Dortmund para tentar chegar às semifinais da Liga dos Campeões pela primeira vez desde 1997, quando conquistou o único título da sua história na competição ao derrotar a Juventus na decisão.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade