0

Botafogo acorda no segundo tempo, vence a Portuguesa e volta à liderança

18 ago 2013
18h13
atualizado às 18h21

A sequência de empates finalmente teve fim. Melhorando muito a atuação no segundo tempo, o Botafogo venceu a Portuguesa, no Canindé, por 3 a 1, e reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, num jogo em que o time da casa teve mais a bola no primeiro tempo, mas não gerou muito perigo ao goleiro Jefferson.

Após um primeiro tempo em que os visitantes praticamente não atacaram e os mandantes não acertaram o gol, a segunda etapa foi recheada de emoções, com o Botafogo aproveitando as boas oportunidades criadas, apesar do susto levado com o rápido empate da Portuguesa.

Lusa domínia, mas não acerta o gol

Após um início com amplo domínio da Portuguesa, o Botafogo só conseguiu pela avançar primeira vez aos 17 minutos. Mas não conseguia produzir nada além disso. Esbarrando na forte marcação do time da casa, toda vez que tentava passar da intermediária, o Alvinegro errava um passe ou sofria a roubada de bola.

As armas utilizadas pela Lusa para tentar passar pelo goleiro Jefferson eram os chutes de longa distância, com, por exemplo, Luis Ricardo e William Arão. No entanto, as tentativas não tiveram sucesso. Até o final da primeira etapa, a Portuguesa seguiu com mais posse de bola, chutava, mas só levou perigo no final da partida. O Botafogo tentava somente nos contragolpes, mas errava muitos passes.

Um novo jogo

No segundo tempo, o Botafogo conseguiu avançar mais, dominando as ações, mas oferecia contra-ataques à Portuguesa. No entanto, o primeiro lance perigoso foi do time da casa, que cabeceou para as redes com Rogério. Mas o impedimento foi corretamente marcado na jogada. Na sequência, aos 20 minutos, Bolívar aproveitou que o goleiro Lauro saiu mal numa cobrança de escanteio e abriu o placar.

Porém, logo em seguida a Portuguesa pressionou e, aproveitando a desatenção da defesa, Luis Ricardo desviou, empatando a partida. Mas a alegria da torcida lusitana durou até o lance seguinte, quando Gilberto cruzou e Rafael Marques chutou forte para as redes. O Glorioso ainda ampliou com Elias, aos 31 minutos, aproveitando boa jogada de Seedorf. Daí até o final, coube ao Botafogo apenas administrar o resultado.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA 1 X 3 BOTAFOGO

Local: Canindé, em São Paulo (SP)

Data/Hora: 18/8/2013 – 16h

Público/Renda: não divulgados

Árbitro: Alício Pena Junior (MG)

Auxiliares: Katiuscia M Berger Mendonça (ES) e Bruno Boschilia (PR)

Cartões Amarelos: Rogério (POR), Jefferson (BOT), Gustavo Tabalipa (POR), Lauro (POR), Gilberto (BOT), Julio Cesar (BOT), Michel (POR)

Cartões Vermelhos: Não houve

GOLS: Bolívar, aos 20, Luis Ricardo, aos 25, Rafael Marques, aos 26 e Elias, aos 31 minutos do segundo tempo

PORTUGUESA: Lauro, Correa, Gustavo Tabalipa, Valdomiro e Rogério; Bruno Henrique, Luis Ricardo, William Arão (Michel 33'/2ºT), Jean Mota (Héverton 28'/2ºT) e Moisés; Bruno Moraes (Neílson 24'/2ºT) - Técnico: Guto Ferreira.

BOTAFOGO: Jefferson, Gilberto, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos e Gabriel; Lodeiro (Elias 19'/2ºT), Seedorf e Vitinho (Renato 46/2ºT); Rafael Marques - Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade