0

Brasil goleia Panamá, assegura 1ª colocação e escapa da Argentina

4 ago 2011
23h49
atualizado em 5/8/2011 às 00h29

A Seleção Brasileira Sub-20 assegurou na noite desta quinta-feira a liderança do Grupo E do Mundial da categoria, disputado na Colômbia. Em confronto realizado na cidade de Barranquilla, a equipe comandada pelo técnico Ney Franco passou com facilidade pelo Panamá por 4 a 0 e confirmou o favoritismo na chave. De quebra, o País escapou de um precoce duelo nas oitavas de final com a arquirrival Argentina, que derrotou o time no Sul-Americano, em janeiro.

Diante do rival mais frágil do grupo, o Brasil encontrou espaços para jogar e construiu a vitória depois de passar por alguns pequenos sustos durante a primeira etapa. Contudo, depois de perder muitas oportunidades, o time nacional praticamente assegurou a vitória nos minutos finais. Aos 42min, Oscar fez grande jogada e tocou para Henrique abrir o placar. Nos acréscimos, Philipe Coutinho recebeu dentro da área e bateu firme para assinalar o segundo.

A boa vantagem permitiu ao Brasil se apegar aos contra-ataques para minar o fraco time panamenho. Desorganizada, a seleção da Concacaf permitiu ao time de Ney Franco abusar das chances perdidas. Entretanto, mesmo com a pontaria falha, a equipe nacional chegou ao terceiro gol aos 7min. Philipe Coutinho recebeu na ponta esquerda da grande área e bateu firme, rasteiro, sem chances para o goleiro Mejia. O meio-campista Dudu, aos 43min, transformou o triunfo em goleada.

Com a vitória tranquila sobre o Panamá, o Brasil chegou aos sete pontos e assegurou a liderança por conta do saldo de gols - sete, contra cinco favoráveis do Egito, que derrotou a Áustria pelo placar de 4 a 0, também nesta quinta-feira, e avançou às oitavas de final com tranquilidade. Já o time da América Central termina a etapa de grupos eliminado, com apenas um ponto.

Classificado na liderança da chave, o Brasil enfrentará nas oitavas de final, na próxima quarta-feira, em Barranquilla, o perdedor do duelo entre Arábia Saudita e Nigéria, que decidem a liderança do Grupo D - ambos os países já estão classificados por antecipação à etapa de mata-mata. O Egito, segundo na chave da Seleção, terá pela frente a Argentina, na terça-feira, em Medellín.

O jogo

A equipe brasileira entrou em campo com duas mudanças em relação à vitória contra a Áustria, na rodada anterior: o cortado Alex Sandro cedeu seu espaço para Gabriel Silva pela lateral esquerda, enquanto o suspenso Juan saiu para a entrada de Romário.

Amplamente superior, o Brasil demorou a engrenar no primeiro tempo. Em meio a alguns erros de fundamento, como passe, algumas oportunidades surgiam. Aos 17min, Henrique concluiu boa trama entre Willian José e Casemiro com um chute na trave.

Aos poucos, o Brasil foi crescendo. Com 31, Oscar ficou frente a frente com Mejía e acertou a rede pelo lado de fora.

Ney Franco demonstrava certa insatisfação e nem esperou o intervalo para mudar. Primeiro trocou Fernando por Dudu para evitar uma possível expulsão do volante. Depois, resolveu reforçar o sistema defensivo com a saída de William José e a entrada do lateral direito Galhardo.

Coincidência ou não, o time cresceu em campo. Aos 40min, Oscar fez boa jogada e deu bom passe para Henrique marcar o primeiro. Seis minutos depois, Philipe Coutinho completou cruzamento de Gabriel Silva e ampliou.

No segundo tempo, o Brasil deslanchou. Aos 3min, o volante Casemiro cabeceou na trave. Com 7min, veio o terceiro gol: Phillipe Coutinho recebeu de Dudu, limpou a jogada e finalizou com precisão para fazer o segundo dele no jogo.

A Seleção Brasileira controlou o jogo e ainda assim conseguiu chegar ao quarto gol. Aos 43min, Henrique, depois de bate-rebate dentro da grande área, serviu Dudu, que chutou cruzado e deu números finais à partida.

FICHA TÉCNICA

Brasil 4 x 0 Panamá

Gols:

Brasil: Henrique, aos 42min do primeiro tempo; Philipe Coutinho, aos 46min do primeiro tempo, e aos 7min do segundo tempo; Dudu, aos 43min do segundo tempo

Brasil
Gabriel; Danilo, Romário, Bruno Uvini e Gabriel Silva; Fernando (Dudu), Casemiro, Oscar e Philipe Coutinho (Negueba); Henrique e Willian José (Galhardo).
Técnico: Ney Franco.

Panamá
Mejía; Benítez, Cummings, Miller e Cordero (Gomez); Vence, Vargas (Flores), Waterman e Davis; Alvarez e Hernández (Avila).
Técnico: Alfredo Poyatos.

Cartões Amarelos
Brasil: Fernando
Panamá: Miller e Gomez

Árbitro
Mark Clattenburg (Inglaterra)

Local
Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla (Colômbia)

Com informações da Gazeta Esportiva

A Seleção Brasileira conhecerá o adversário das oitavas de final somente no sábado
A Seleção Brasileira conhecerá o adversário das oitavas de final somente no sábado
Foto: AP
Fonte: Terra
publicidade