0

Brasil leva cinco medalhas nas finais da canoagem no Jogos Sul-Americanos

14 mar 2014
18h14

O Brasil conquistou duas medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze nas cinco finais de canoagem disputadas nesta sexta-feira nos Jogos Sul-Americanos do Chile, em Santiago.

Nivalter dos Santos, campeão nas duas últimas edições dos Jogos, manteve sua hegemonia ao vencer a prova de canoagem individual (C1) masculina de 200m, com o tempo de 37s971. Já Edson Isaias, de 31 anos, venceu os 200m de caiaque individual (K1), com uma incrível arrancada nos últimos metros, terminando a corrida em 31s101, apenas 0s130 à frente do equatoriano César de Cesare, que levou a prata.

Edson ainda formou dupla com Hans Mallmann, na disputa do K2 200m. Os campeões dessa prova foram os argentinos Rubén Correa e Rubén Rezola, seguidos pelos brasileiros, que ficaram com a prata, e pelo Equador, com o bronze.

A Argentina ainda conquistou outra medalha de ouro na modalidade, com Sabrina Meghino na prova feminina de caiaque individual (K1) de 200m. A chilena Isumy Orellana faturou a prata, enquanto a equatoriana Stefanie Perdomo levou o bronze.

Na outra final do dia, na canoagem individual (C1) feminina de 200m, Anggie Avegno, do Equador, foi a campeã, com um tempo de 47s351, em uma apertada disputa. A segunda colocada, a chilena Nancy Millán, chegou 0s117 depois. Já a brasileira Valdenice Conceição ficou com o bronze, com o tempo de 48s773.

Somando todos os três dias de competição da canoagem, o Brasil esteve presente em 11 pódios, com medalhas de ouro, cinco de prata e uma de bronze. Apenas no K1 200m feminino, o país não figurou entre os três primeiros.

EFE   
publicidade