Brasil 2014

 
 

Esportes » Futebol » Futebol

 Estádio do Corinthians será usado na Copa de 2014
27 de agosto de 2010 20h28 atualizado às 21h13

Comentários
 
O estádio do Corinthians é um projeto do presidente Andrés Sanchez. Foto: Ivan Pacheco/Terra

O estádio do Corinthians é um projeto do presidente Andrés Sanchez
Foto: Ivan Pacheco/Terra

O estádio que o Corinthians pretende construir em Itaquera será a arena de São Paulo para a Copa do Mundo de 2014. Em reunião nesta sexta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acertou com o governo paulista para que a arena seja utilizada no Mundial.

Segundo o governo de São Paulo, o estádio será construído somente com o uso de fundos particulares, sem recursos públicos. O projeto inicial contava com uma arena em Pirituba, mas a obra foi descartada.

O estádio corintiano tornou-se a opção da CBF e do Comitê Olímpico Local (COL) depois que o Morumbi foi descartado em 16 de junho. Para a entidade que organiza a Copa de 2014 e a Fifa, a arena do São Paulo não teria condições de receber jogos do Mundial.

O projeto inicial do estádio do Corinthians prevê 48 mil lugares, o que é abaixo dos 65 mil exigidos para receber a abertura da Copa. O anúncio da construção da arena pode fazer parte das comemorações do centenário do clube.

Nesta sexta, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou em palestra que tinha como missão tirar o Morumbi do Mundial. Pouco depois, o clube emitiu nota em que o dirigente explicou tratar-se de uma brincadeira o comentário sobre a arena são-paulina.

"Em primeiro lugar, é não deixar que tenha jogo da Copa do Mundo de 2014 no Morumbi. Depois, é garantir que (a cidade de) São Paulo não fique fora da Copa do Mundo e receba o jogo de abertura", comentou.

Confira a seguir na íntegra o comunicado do governo paulista:

Na tarde desta sexta-feira, o governador Alberto Goldman, o prefeito Gilberto Kassab e o coordenador do Comitê Organizador Paulista da Copa 2014, o secretário estadual de Economia e Planejamento Francisco Vidal Luna, estiveram com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

Na reunião, o presidente da CBF foi consultado mais uma vez sobre a realização da abertura da Copa no Estádio do Morumbi, e informou que esta opção estava totalmente excluída pela FIFA e pelo Comitê Organizador Local da Copa 2014.

O presidente Ricardo Teixeira foi então informado que, apesar de todos os esforços, não foi possível viabilizar a construção de um estádio para a Copa 2014 no complexo de eventos e feiras que será construído em Pirituba.

O governador e o prefeito foram então consultados pelo presidente da CBF sobre a hipótese de a abertura da Copa 2014 ser realizada em novo estádio a ser construído pelo Sport Club Corinthians Paulista, em uma área em Itaquera. Goldman e Kassab reiteraram a disposição de proporcionar o apoio necessário para que São Paulo possa receber a abertura da Copa do Mundo.

O Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo reafirmaram a decisão de não aplicar recursos públicos para a construção de estádios.

Redação Terra