Futebol

publicidade
23 de maio de 2013 • 13h49 • atualizado às 14h00

Brasileiro se emociona e envia carta de despedida a técnico do Málaga

Brasileiro Weligton, 33 anos e ex-Paraná, está no Málaga desde 2008
Foto: Getty Images
 

O adeus do chileno Manuel Pellegrini do comando do Málaga tem sido motivo de tristeza no clube, e o zagueiro brasileiro Weligton se tornou um dos símbolos deste sentimento, depois de enviar uma carta ao técnico, publicada nesta quinta-feira no jornal "La Tercera", do Chile.

"Entendo suas razões, e me alegro pelo senhor, mas não me peça que fique feliz, porque se vai a pedra fundamental de uma campanha histórica. Pelas suas mãos, fui parte de uma equipe histórica e por isso sempre vou lhe agradecer", diz o ex-jogador de Campinense e Paraná Clube.

No texto, Weligton admite que foi difícil manter segredo sobre o anúncio do técnico, feito nesta quarta-feira, mas que já era conhecido pelos atletas "há alguns dias". "Não é fácil evitar o sentimento de pesar pelo seu afastamento do clube", comenta o jogador, que está na equipe desde 2008, dois anos antes da chegada de Pellegrini.

Alvo do Manchester City, Pellegrini confirmou que deixará o Málaga ao fim desta temporada
Foto: Getty Images

Weligton ainda comentou a importância de ter sido treinado pelo chileno. "Poder receber o reconhecimento de alguém que esteve em grandes clubes como o Real Madrid é algo que me marcou. Foi uma honra tê-lo como técnico e ter recebido seus ensinamentos", relata o brasileiro.

O zagueiro encerra a carta deixando uma mensagem para o técnico: "O senhor nos deixou claro que não vai embora pelo aspecto esportivo e isso nos dá tranquilidade necessário. Sabemos, como o senhor mesmo nos disse, que seu carinho pelo Málaga sempre estará presente. Nenhum jogador do Málaga esquecerá sua qualidade humana", afirma Weligton.

EFE EFE - Agencia EFE - Todos os direitos reservados. Está proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agencia EFE S/A.