2 eventos ao vivo

Após era Neymar, Santos revê ameaça ante "rival das crises"; lembre tropeços

7 ago 2013
09h35
atualizado às 09h39
  • separator
  • 0
  • comentários

O Santos entra em campo nesta quarta-feira pressionado por protestos, cobranças, briga política e, justamente, diante do "rival das crises" na era Neymar. Oitenta dias após o último encontro com o Corinthians, quando viu o rival comemorar em plena Vila Belmiro o título de campeão paulista, é a vez da pressão recair sobre a possível permanência do técnico interino Claudinei Oliveira.

<p>Neymar sucumbiu diante do Corinthians em sua última final pelo Santos, disputada em maio; rival tirou três títulos do camisa 11</p>
Neymar sucumbiu diante do Corinthians em sua última final pelo Santos, disputada em maio; rival tirou três títulos do camisa 11
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

O Terra relembra outros episódios em que o adversário atrapalhou os planos santistas. Do adiamento do primeiro título do ex-camisa 11 santista e atual astro do Barcelona à frustração pela derrota na última final disputada pelo clube, veja os jogos:

<p>Ronaldo foi o principal nome do Corinthians na campanha do Paulista de 2009</p>
Ronaldo foi o principal nome do Corinthians na campanha do Paulista de 2009
Foto: Gazeta Press

Sonho adiado
Em ascensão em 2009 com a promoção de Neymar e a afirmação de Paulo Henrique Ganso, o time chegou à final do Campeonato Paulista diante do Corinthians. Temendo o rival, invicto na competição e em excelente fase, o técnico Vagner Mancini optou por poupar jogadores diante do CSA-AL pela Copa do Brasil e acabou surpreendentemente eliminado da competição. Pesadelo foi completado com perda do título para o rival: derrota por 3 a 1 no primeiro jogo, na Vila, e empate por 1 a 1 uma semana depois, no Pacaembu. Foi a primeira final da geração Neymar.

<p>Neymar voltou e foi o pivô da demissão de Dorival Júnior, que optou por barrá-lo do clássico</p>
Neymar voltou e foi o pivô da demissão de Dorival Júnior, que optou por barrá-lo do clássico
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Fim da era Dorival
Após cometer ato de indisciplina em partida diante do Atlético-GO, em 2010, Neymar foi afastado pelo técnico Dorival Júnior para o jogo seguinte no Campeonato Brasileiro, contra o Guarani. Dorival decidiu manter o afastamento do camisa 11 para clássico decisivo contra o Corinthians e acabou pagando com demissão. Diretoria santista demitiu na véspera o treinador, campeão do Paulista e da Copa do Brasil com a equipe no ano, impôs que Neymar voltasse a concentração e ele atuou diante de rival. No fim, o time perdeu por 3 a 2 na Vila e se distanciou do Corinthians no sonho pelo título.

<p>Com o gol de Danilo, o Corinthians chegou a sua primeira final de Libertadores</p>
Com o gol de Danilo, o Corinthians chegou a sua primeira final de Libertadores
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Mancha no centenário
Após conquistar o tri paulista, em 2012, Santos do técnico Muricy Ramalho passou a intensificar busca pelo sonhado quarto título da Copa Libertadores em seu centenário. Desejo, no entanto, foi frustrado pelo próprio rival, em confronto pelas semifinais da competição. Após perder por 1 a 0 na Vila, time só empatou por 1 a 1 no jogo da volta, no Pacaembu, e deu adeus à competição. De quebra, viu o rival ser campeão após mais de cem anos de espera e ainda ofuscar de vez o ano santista com a conquista do Mundial de Clubes diante do Chelsea, no Japão.

<p>Mesmo em plena Vila Belmiro, Corinthians pôs fim ao sonho do tetra santista</p>
Mesmo em plena Vila Belmiro, Corinthians pôs fim ao sonho do tetra santista
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Fritura de Muricy
Já neste ano, rival ajudou no processo de fritura de Muricy com a conquista do Campeonato Paulista em plena Vila Belmiro, após empate por 1 a 1. Técnico estava pressionado a lançar jogadores, mas, principalmente, pelos erros cometidos durante a primeira partida da decisão, quando optou pela escalação de quatro volantes e perdeu por 2 a 1, no Pacaembu. Caso tivesse conquistado o título, o técnico, provavelmente, não seria demitido.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade