2 eventos ao vivo

"Aprendiz", Dorival espera ver "mentor" Felipão na Seleção

14 jul 2010
19h22
Samir Carvalho
Direto de Santos

O clássico entre Santos e Palmeiras, nesta quinta-feira, às 21h, no Estádio do Pacaembu, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, vai marcar o reencontro do "aprendiz" Dorival Júnior com seu "mentor" Luiz Felipe Scolari. A admiração por Felipão é tanta que o técnico santista fez questão de dizer que seu ex-treinador é o nome ideal para substituir Dunga na Seleção Brasileira.

"Acredito que seja o grande nome para estar à frente da Seleção. É um belo profissional, e tem respaldo do torcedor. Temos grandes treinadores, Leão, Luxemburgo, Muricy Ramalho, Paulo Autuori, que também poderiam estar à frente. Mas o Luiz (Felipão), pela capacidade que tem, e tudo que já conquistou, seria um nome indispensável nesse momento", afirmou.

Dorival Júnior foi jogador de Luiz Felipe Scolari no Grêmio, em 1993. Os dois trabalharam juntos por seis meses. Para o técnico do Santos, foi tempo suficiente para aprender bastante com o pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002.

"Foi meu treinador alguns meses no Grêmio. Ele tem um perfil que agrada a todos os profissionais e aqueles que cercam o futebol", disse Dorival.

Apesar da admiração e dos elogios, talvez o técnico santista não tenha a oportunidade de apertar as mãos de Felipão nesta quinta. Ainda é incerta a presença do treinador no banco de reservas do Palmeiras. O mais provável é que Scolari acompanhe a partida das tribunas de honra.

Mesmo sem Felipão no banco, Dorival espera um Palmeiras mais motivado com a presença do novo técnico no estádio. "Tenho certeza de que a presença dele já leva uma motivação extra para o Palmeiras. Isso faz com que o clássico tenha ingredientes para um belo jogo", concluiu.

Técnico do Santos foi jogador de Felipão no Grêmio, em 1993
Técnico do Santos foi jogador de Felipão no Grêmio, em 1993
Foto: Ricardo Saibun / Gazeta Press
Fonte: Especial para Terra
publicidade