6 eventos ao vivo

Atlético-MG goleia xará com facilidade e é vice-líder

7 jun 2009
17h54
atualizado às 21h57

O Atlético-MG venceu o duelo dos "xarás" neste domingo e é vice-líder do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando na Arena da Baixada, o time mineiro goleou o Atlético-PR por 4 a 0 e chegou aos 11 pontos na competição, atrás apenas do Internacional na tabela. Os paranaenses, ao contrário, seguem com apenas um ponto, ao lado do rival Coritiba.

» Veja fotos da partida
» ESPN: assista ao vídeo
» Geninho pede demissão após goleada sofrida
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado da partida

O time mineiro começou melhor a partida, comandando a posse de bola e criando duas chances antes dos 5min. Primeiro, Márcio Araújo invadiu a área e exigiu grande defesa de Vinícius, que espalmou para escanteio. Na seqüência, Valencia salvou em cima da linha uma cabeçada do zagueiro Welton Felipe.

O Atlético-PR começou a se encontrar em campo só depois dos primeiros dez minutos. No entanto, a má fase vivida pelo time desde o início do Campeonato pesou no desempenho dos jogadores, que erravam muitos passes e sofriam com os protestos da torcida.

Dessa forma, o Atlético-MG se sentiu à vontade em campo e, com uma equipe tecnicamente melhor, não demorou para chegar ao primeiro gol. Aos 27min, uma linda jogada do ataque mineiro resultou no 1 a 0. Depois de cruzamento rasteiro de Thiago Feltri, Diego Tardelli ajeitou de letra para Júnior, melhor jogador em campo, que invadia a área pela direita e apareceu sozinho para chutar e marcar.

O time paranaense, que já vinha mal na partida, piorou depois de perder o meia Marcinho, expulso aos 31min. Em lance na lateral, Marcinho deu entrada muito dura em Thiago Feltri e levou o cartão vermelho.

A reação do Atlético-PR ficou praticamente impossível. Muito superior, o Atlético-MG mandou no segundo tempo e conseguiu ampliar logo aos 10min, com o artilheiro Diego Tardelli. Em linha de passe dentro da área, ele recebeu passe de Márcio Araújo e chutou colocado, no canto esquerdo do goleiro Vinícius.

Mesmo sem Júnior, substituído por Evandro, o time comandado por Celso Roth continuou soberano e criando chances. Quando a torcida do Atlético-PR, revoltada, já gritava olé a cada troca de passes do time mineiro, Éder Luis fez dois gols e consumou a goleada.

Aos 32min, o atacante recebeu cruzamento de Marcos Rocha e cabeceou. Vinícius defendeu, mas Éder pegou o rebote e fez o terceiro. Três minutos depois, os mineiros completaram a goleada em um lance parecido. Após outro cruzamento de Marcos Rocha, Éder Luis desviou novamente de cabeça e fez o quarto.

Ficha técnica:
ATLÉTICO-PR 0 x 4 ATLÉTICO-MG

Gols
Atlético-PR: -
Atlético-MG: Júnior, aos 27min do 1º tempo; Diego Tardelli, aos 10min do 2º tempo e Éder Luis, aos 32min e aos 35min do 2º tempo

Lances bizarros
No início do segundo tempo, Wesley avançou pela intermediária e foi arriscar um chute a gol. No entanto, a bola foi parar na linha lateral, bem longe da meta do goleiro Aranha

Ponto Forte do Atlético-PR
O lateral-esquerdo Márcio Azevedo, único jogador que levou algum perigo ao rival com sua velocidade e avanços ao ataque

Ponto Forte do Atlético-MG
A categoria de Júnior no meio-campo e a movimentação do ataque, que não tomou conhecimento da zaga do Atlético-PR

Ponto Fraco do Atlético-PR
Marcinho perdeu a cabeça e prejudicou a equipe, que já se mostrou muito fraca, mesmo jogando em casa. A defesa é frágil, o setor de criação não funciona e os atacantes não conseguem jogar

Ponto Fraco do Atlético-MG
No segundo tempo, o time perdeu um pouco de força ofensiva

Personagem do jogo
Éder Luis, autor de dois gols e maior perigo do ataque atleticano

Esquema Tático do Atlético-PR
3-5-2
Vinícius, Antônio Carlos, Carlão e Chico; Raul (Manoel), Valencia, Julio dos Santos (Marcelo), Marcinho e Márcio Azevedo; Patrick (Wesley) e Rafael Moura.
Técnico: Geninho

Esquema Tático do Atlético-MG
4-4-2
Aranha, Carlos Alberto (Marcos Rocha), Werley, Welton Felipe e Thiago Feltri; Renan (Tchô), Jonílson, Márcio Araújo e Júnior (Evandro); Éder Luis e Diego Tardelli.
Técnico: Celso Roth

Cartões Amarelos
Atlético-PR: Márcio Azevedo, Rafael Moura e Valencia
Atlético-MG: Renan

Cartões Vermelhos
Atlético-PR: Marcinho
Atlético-MG: -

Árbitro
Rodrigo Martins Cintra (SP)






Fonte: Terra
publicidade