0

Atlético-MG pára no Santo André e desperdiça chance de ser líder

30 mai 2009
20h24
atualizado em 31/5/2009 às 00h18

Mesmo com a expulsão de Marcelinho Carioca no segundo tempo, o Atlético-MG não soube aproveitar a vantagem de atuar com um jogador a mais durante o segundo tempo e ter as estréias de Aranha e Evandro para chegar à liderança provisória do Campeonato Brasileiro. Em pleno Estádio Mineirão, que aguarda o anúncio para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, a equipe da casa ficou no empate sem gols com o Santo André na noite deste sábado e frustrou a torcida alvinegra.

» Veja fotos de Atlético-MG x Santo André
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente o empate no Mineirão

Com bom início na competição nacional, a equipe mineira poderia chegar aos dez pontos nesta noite e deixar para trás Internacional e Náutico em caso de vitória. No entanto, foi só aos oito e assume a segunda posição provisória até a continuidade da quarta rodada, que voltará a ser movimentada neste domingo. Já o time do ABC paulista festeja a igualdade sem gols e ocupa no momento o oitavo lugar, com cinco pontos.

Contando com os serviços do goleiro Aranha e do meia Evandro pela primeira vez, o time do técnico Celso Roth esbarrou na boa marcação dos paulistas no primeiro tempo, quando as duas equipes se preocupavam muito em não ceder contra-ataques ao adversário. Mesmo assim, o bom número de torcedores que foi ao Mineirão empurrou os mandantes, que tiveram as melhores chances com Carlos Alberto, Júnior e Diego Tardelli, que pararam na presença do goleiro Neneca.

No fim da etapa inicial, Gustavo Nery levou perigo ao finalizar com força para fora. Mas após o vestiário, o bom momento dos visitantes foi interrompido quando o veterano Marcelinho Carioca teve dificuldades para acompanhar o ritmo e deu uma entrada dura em Thiago Feltri, recebendo direto o cartão vermelho direto com menos de 10min rodados na etapa final. Desta forma, o Santo André recuou ainda mais e só descia nos contra-ataques.

Em um deles, Pablo Escobar fez boa jogada sobre Welton Felipe e só não abriu o placar graças à boa intervenção do estreante Aranha. Em seguida, o mesmo boliviano voltou a finalizar com perigo, desta vez para o corte de Renan. O ex-arqueiro da Ponte Preta ainda salvou o novo clube em um chute cara-a-cara de Nunes, após cruzamento de Júnior Dutra.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG 0 x 0 Santo André

Pontos Fortes do Atlético-MG
Disposição demonstrada pela equipe para tentar abrir o placar, demonstrando bastante raça e posse de bola

Pontos Fortes do Santo André
Segurança na defesa, quando mesmo com um jogador a menos correu pouco perigo, e velocidade nos contra-ataques

Pontos Fracos do Atlético-MG
Pouca criatividade na armação, sendo que, mesmo com um jogador a mais durante quase todo o segundo tempo, não levou perigo ao gol rival

Ponto Fraco do Santo André
Falta de qualidade na finalização, nos momentos em que ficou cara-a-cara com o estreante Aranha

Personagem do jogo
Pablo Escobar, do Santo André

Destaque negativo do jogo
Personagens principais da partida, Marcelinho Carioca e Diego Tardelli tiveram uma noite infeliz no Mineirão. Enquanto o veterano do Santo André pouco mostrou em campo e prejudicou a sua equipe ao ser expulso no início do segundo tempo, por um carrinho duro, o centroavante do Atlético-MG não teve sucesso contra a segura defesa paulista

Esquema Tático do Atlético-MG
4-4-2
Aranha; Carlos Alberto (Evandro), Welton Felipe, Leandro Almeida e Thiago Feltri; Jonílson (Élder Granja), Renan, Márcio Araújo e Júnior; Éder Luís (Alessandro) e Diego Tardelli; técnico: Celso Roth

Esquema Tático do Santo André
4-4-2
Neneca; Cicinho (Ricardo Goulart), Marcel, Vinícius e Gustavo Nery; Fernando, Ricardo Conceição, Marcelinho Carioca e Pablo Escobar (Júnior Dutra); Antônio Flávio (Dionísio) e Nunes; técnico: Sérgio Guedes

Cartões Amarelos
Atlético-MG: Jonílson, Júnior, Diego Tardelli, Welton Felipe, Renan
Santo André: Nunes, Vinícius, Ricardo Conceição e Marcel

Cartões Vermelhos
Santo André: Marcelinho Carioca

Árbitro
Cláudio Luciano Júnior (PE)

Local
Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)


Fonte: Terra
publicidade