PUBLICIDADE

Vice-líder, Corinthians passeia e aumenta calvário do Vasco

29 jul 2015 23h52
| atualizado em 30/7/2015 às 09h57
ver comentários
Publicidade

Finalmente o ataque do Corinthians funcionou no Campeonato Brasileiro! Demorou 45 minutos, mas no segundo tempo o time alvinegro deslanchou nesta quarta-feira e venceu o Vasco por 3 a 0. Em que pese a fragilidade do adversário, que está afundado na zona do rebaixamento, com apenas 12 pontos, o importante para os alvinegros é que o Corinthians segue na cola do líder: tem 33 pontos e está a dois do Atlético-MG. Veja detalhes de cada lance do jogo.

Inicialmente o técnico Celso Roth até se destacou por uma boa armação no time do Vasco, já que colocou três volantes em campo (Anderson Salles improvisado, Guiñazu e Serginho) desde o início. Além de fortalecer a marcação com isso, bloqueando um ponto forte do Corinthians de Tite, também conseguiu armar algumas jogadas, que não viraram chances de gol por deficiência técnica dos homens da frente. No primeiro tempo a posse de bol foi bastante equilibrada.

Brasileirão 2015: veja lances de Corinthians 3 x 0 Vasco:

O Corinthians só assustou com alguns chutes longes, defendidos com tranquilidade pelo goleiro Jordi, novo titular vascaíno, já que Martin Silva foi barrado por Roth. Quando tentou se aproximar da área, o Corinthians errou demais, principalmente por causa da péssima atuação de Vagner Love.

Vaiado, Love errou passes, finalizações e até tropeçou na bola
Vaiado, Love errou passes, finalizações e até tropeçou na bola
Foto: Mauro Horita/ Agif / Gazeta Press

É claro que Tite observou esse grande problema no seu ataque e tirou Vagner Love já no intervalo. Luciano, de volta após fazer boa participação nos Jogos Pan-Americanos pela Seleção Brasileira Sub-22, foi escolhido para substituí-lo. Ele não participou dos gols corintiano, mas o ataque funcionou logo no começo do segundo tempo, após linda jogada de Elias e um pouco de sorte de Renato Augusto na finalização.

O que aconteceu a seguir só surpreendeu porque era o Corinthians em campo: em vez de ficar se defendendo e esperando o contra-ataque, como costuma fazer, o time jogou para frente e buscou fazer mais gols. Até por isso o Vasco ainda teve uma chance de marcar, mas Serginho desperdiçou. E depois disso o Corinthians sobrou em campo, com belos gols de Gil e Elias. O resto do jogo foi um passeio do Corinthians, que deixou claro sua superioridade técnica diante de um Vasco que parece destinado ao rebaixamento.

Gil como centroavante?

Gil só queria cruzar, mas fez um golaço
Gil só queria cruzar, mas fez um golaço
Foto: Sergio Barzaghi / Gazeta Press

Apesar de ser zagueiro, Gil fez um belo gol, encobrindo o goleiro Jordi, o que bastou para a torcida ironizar Vagner Love, que teve mais uma atuação ruim e tem sido criticado de todas formas pelos corintianos

Corinthians 1 x 0 Vasco - 1min do 2º tempo
Elias estava de costas para o gol e aplicou um lindo drible antes de entrar na área e deixar a bola com Renato Augusto, que chutou para o gol. O desvio em Rodrigo enganou Jordi e deu o gol para o Corinthians

Corinthians 2 x 0 Vasco - 16min do 2º tempo
Após escanteio e  um "bate e rebate" na área, Gil tocou de cobertura para fazer o gol. Após o jogo, ele admitiu que só queria mandar a bola para a área de novo, mas deu sorte.

Corinthians 3 x 0 Vasco - 31min do 2º tempo
Malcom tocou de letra para Elias, que chutou da entrada da área, cruzado, sem chances para Jordi

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 3 X 0 VASCO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 29 de julho de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Público: 30.769 espectadores (30.340 pagantes)
Renda: R$ 1.608.159,76
Cartões amarelos: Serginho, Luan e Christiano (Vasco)
Gols: Renato Augusto, a um minuto do segundo tempo, Gil, aos 15 minutos do segundo tempo, e Elias, aos 31 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Walter; Fagner (Edílson), Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique (Ralf); Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love (Luciano)
Técnico: Tite

VASCO: Jordi; Jean Patrick, Luan, Rodrigo e Christianno; Anderson Salles, Guiñazu, Serginho (Andrezinho) e Jhon Cley; Riascos (Thalles) e Herrera (Emanuel Biancucchi)
Técnico: Celso Roth

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade