PUBLICIDADE
Logo do

Chapecoense

Meu time

Chapecoense segura empate no RS, e Inter segue irregular

2 ago 2015 17h53
| atualizado às 19h29
ver comentários
Publicidade

Mais uma vez o Internacional decepcionou a torcida em casa. Diante de uma Chapecoense que tem surpreendido no Campeonato Brasileiro, o time colorado não conseguiu jogar bem e ficou no 0 a 0, neste domingo. O resultado mantém as equipes como coadjuvantes na Série A, sem disputar vaga no G-4 nem correr grande risco de rebaixamento. O Inter está em 10º, com 21 pontos, uma posição atrás da Chapecoense, que tem 23. Veja detalhes de cada lance do jogo.

Veja lances de Inter 0 x 0 Chapecoense pelo Brasileiro:

Inter e Chapecoense fizeram um jogo bastante equilibrado desde o primeiro tempo e logo deixaram claro quais eram as diferenças entre as equipes. É evidente que o Inter tem um time mais ténico e habilidoso. Mas a equipe colorada está em uma fase de transição, mudando elenco e se reorganizando taticamente, enquanto a Chapecoense já tem um padrão de jogo e é mais consistente.

D'Alessandro sofreu com a boa marcação da Chapecoense
D'Alessandro sofreu com a boa marcação da Chapecoense
Foto: Luiz Munhoz/ Fatopress / Gazeta Press

Por isso ficou fácil para o time catarinense administrar o jogo do jeito que queria - recuado e marcando bem, como tem feito em todos os jogos fora de casa, para depois tentar contra-ataques pelas pontas. A estratégia deu certo, mas com alguns sustos, já que Valdivia e Lisandro López infernizaram a defesa da Chapecoense e só pecaram nas finalizações.

A partida foi para o intervalo no 0 a 0, e o segundo tempo já começou com milagre operado por Alisson. O atacante Tiago Luis foi lançado sozinho, de frente para ele, e finalizou bem. Mas o goleiro colorado mostrou incrível reflexo e defendeu.

Anderson jogou como volante, mas não teve atuação satisfatória
Anderson jogou como volante, mas não teve atuação satisfatória
Foto: Edu Andrade / Fatopress / Gazeta Press

Oito minutos depois, foi a vez do outro goleiro, que já vinha fazendo um bom jogo, também operar um milagre. Sasha fez boa tabela, entrou na área e chutou forte. Danilo espalmou, a bola ainda bateu no travessão e não foi gol.

Foram os últimos lances de grande emoção na partida. Depois o Inter ficou com a bola, mas só assustou em lances esporádicos, como um chute de longe de Rafael Moura. Já a Chapecoense fez tudo que pode para segurar resultado e comemorou o 0 a 0 por ter jogado fora de casa.

Campeonato Brasileiro Série ARodada 16

InternacionalsciInternacional0
0ChapecoenseChapecoenseacf-o

2015-08-02 19:00 GMT-000 (D) FinalizadoBeira-Rio

FICHA TÉCNICA
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 2 de agosto de 2015
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Cortez (Fifa-RJ)
Assistentes: Alessandro Rocha Matos (Fifa-BA) e Rogério Zanardo (SP)
Cartões amarelos: D’Alessandro, Wellington, Alex (Inter). Bruno Silva e Wagner (Chapecoense)
Público: 17.579 pagantes
Renda: R$ 433.570,00

INTERNACIONAL: Alisson; William, Réver, Juan e Ernando; Rodrigo Dourado, Anderson (Wellington), Valdívia (Rafael Moura), D’Alessandro e Eduardo Sasha; Lisandro López. Técnico: Diego Aguirre

CHAPECOENSE: Danilo; Apodi, Vílson, Neto e Dener; Bruno Silva, Elicarlos e Wagner (Neném); Tiago Luís (Maranhão), Bruno Rangel e Ananias (Hyoran). Técnico: Vinícius Eutrópio

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade