0

Brasileiro Série A

Corinthians derrota Sport no fim e vira líder provisório

Friedemann Vogel / Getty Images
13 ago 2015
00h03
atualizado às 09h35
  • separator
  • comentários

O Corinthians poderia ter tido uma vitória tranquila, na noite de quarta-feira, mas resolveu premiar o torcedor que foi a Itaquera com o sofrimento de que ele tanto gosta. Depois de abrir dois gols de vantagem sobre o Sport, a equipe precisou de um pênalti muito contestado no final para vencer por 4 a 3. Confira como foi a partida minuto a minuto.

Classificação do Brasileirão Série A

Times P J V SG
1 Corinthians Corinthians >> Subiu1 37 18 11 12
2 Atlético-MG Atlético-MG >> Desceu1 36 17 11 18
3 São Paulo São Paulo >> Subiu5 31 18 9 7
4 Grêmio Grêmio >> Desceu1 30 17 9 9
5 Fluminense Fluminense >> Desceu1 30 18 9 3
- Libertadores - Pré-Libertadores
P - Pontos / J - Jogos / V - Vitórias / SG - Saldo de Gols
veja a tabela completa >

Acompanhado empolgadamente pela atriz Alessandra Negrini, o suado triunfo colocou os comandados de Tite provisoriamente na primeira colocação do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos – um a mais do que o Atlético-MG, que recebe o Grêmio na quinta-feira. A formação pernambucana, com 30, caiu para sexto lugar.

Jogadores do Sport reclamam de pênalti marcado para o Corinthians no fim do jogo
Jogadores do Sport reclamam de pênalti marcado para o Corinthians no fim do jogo
Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

No equilibrado primeiro tempo, Luciano abriu o placar de carrinho, e André empatou pouco depois. Já nos acréscimos, Luciano completou um escanteio e fez 2 a 1. O Corinthians não parou no segundo tempo, buscou o ataque e chegou ao terceiro gol em lançamento longo de Jadson. Samuel Xavier tentou tirar de Malcom e marcou contra.

O confronto parecia decidido, porém a aposta do técnico Eduardo Baptista em Hernane Brocador deu resultado. O centroavante aproveitou um erro do jovem Guilherme Arana, substituto do contundido Uendel, e descontou. Pouco depois, aos 31 minutos, recebeu cruzamento rasteiro da direita e se antecipou a Edu Dracena para empatar.

Luciano põe a bola na rede para marcar o segundo gol corintiano
Luciano põe a bola na rede para marcar o segundo gol corintiano
Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

O Corinthians tentou se redimir dos erros partindo ao ataque. A jogada decisiva saiu dos pés de Guilherme Arana, que encarou a marcação pela esquerda e cruzou. No toque na mão de Rithely, Luiz Flávio de Oliveira – árbitro paulista cuja escalação havia sido contestada pelas duas equipes – viu pênalti. Jadson bateu no ângulo direito, aos 40 minutos, e bateu o ex-companheiro Danilo Fernandes.

O Corinthians começou a partida demonstrando alguma dificuldade na saída de bola, pressionada pelo Sport, mas tinha sucesso nos passes quando superava a primeira linha de marcação. A equipe ensaiou uma boa jogada pela direita logo de cara, mas Luciano, salvo pela marcação do impedimento, errou na cara do gol.

Luciano marcou três gols nas duas últimas partidas do Corinthians
Luciano marcou três gols nas duas últimas partidas do Corinthians
Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

Nesse aperto estabelecido pelos visitantes, Fagner chegou a se atrapalhar e oferecer chance a Diego Souza, que chutou mal. No lance seguinte, no entanto, a bola deixou redonda o campo de defesa, com o próprio Fagner. Passou por Jadson e Elias até chegar a Luciano, que recebeu o cruzamento no segundo pau e completou de carrinho, aos 12 minutos.

Os donos da casa não puderam aproveitar a vantagem longamente. Aos 16, Fagner permitiu que Marlone recebesse um lateral com muita liberdade na esquerda e cruzasse para André marcar de cabeça. Aí, as dificuldades alvinegras se ampliaram, a ponto de o Sport ter mais posse de bola.

Danilo Fernandes fez uma defesa excepcional em chute de Jadson no ângulo esquerdo, porém o primeiro tempo caminhava para um empate. O Corinthians só conseguiu se estabelecer no campo de ataque nos minutos finais, com sua troca de passes característica, e marcou aos 46. Jadson bateu escanteio da esquerda, Bruno Henrique desviou no primeiro pau, e Luciano completou no segundo, de pé esquerdo.

Gil disputa bola com Diego Souza
Gil disputa bola com Diego Souza
Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

Por questões físicas, o time alvinegro voltou do intervalo com o jovem lateral esquerdo Guilherme Arana no lugar de Uendel. E o Corinthians esteve perto de marcar logo de cara, após escorregão de Matheus Ferraz na área. Luciano preferiu driblar o goleiro a rolar para Malcom e chutou rasteiro. Samuel Xavier salvou em cima da linha.

Os anfitriões pareciam dispostos a matar o jogo e conseguiram abrir boa vantagem aos 14 minutos. Em um lindo e longo lançamento, que fez alguns torcedores desviarem brevemente o olhar de Alessandra Negrini, Jadson achou Malcom na área nas costas de Samuel Xavier. Após o belo domínio do atacante, o lateral tentou se salvar com o carrinho e marcou contra.

Tite orienta jogadores do Corinthians durante a partida
Tite orienta jogadores do Corinthians durante a partida
Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

Eduardo Baptista tentou reanimar o Sport com as entradas de Hernane Brocador e Régis. A equipe pernambucana não mostrava força, mas Guilherme Arana e Gil não se entenderam em uma saída de bola, aos 26. Hernane aproveitou, saiu na cara de Cássio e encobriu o goleiro com categoria.

O que parecia um jogo fácil se complicou. Disposto a explorar a inexperiência de Arana, que atuava pela primeira vez em um jogo oficial em preto e branco, o Sport passou a investir pela direita. Foi por lá, aos 31 minutos, que Diego Souza gingou e cruzou rasteiro. Hernane se antecipou a Edu Dracena, botou no canto esquerdo de Cássio e empatou.

Com o Corinthians buscando o gol da vitória, o jogo ficou aberto. Houve lances perigosos dos dois lados até Guilherme Arana se redimir, gingando pela esquerda e cruzando rasteiro. Apesar da reclamação, o pênalti visto por Luiz Flávio de Oliveira no toque de mão de Rithely permitiu à Fiel festejar. Jadson bateu no ângulo direito, aos 41, fazendo Alessandra Negrini e outros mais de 30 mil pagantes deixarem o estádio sorrindo.

Corinthians 4 x 3 Sport

Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 12 de agosto de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Público: 30.941 pagantes
Renda: R$ 1.671.129,76
Cartões amarelos: Gil (Corinthians); Samuel Xavier (Sport)
Gols:
Corinthians: Luciano, aos 12 minutos do primeiro tempo e aos 46 minutos do primeiro tempo, Samuel Xavier (contra), aos 14 minutos do segundo tempo, e Jadson, aos 41 minutos do segundo tempo
Sport: André, aos 16 minutos do primeiro tempo, e Hernane, aos 26 minutos do segundo tempo e aos 31 minutos do segundo tempo

Corinthians: Cássio; Fagner, Edu Dracena, Gil e Uendel (Guilherme Arana); Bruno Henrique (Ralf); Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom (Rildo); Luciano
Técnico: Tite

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely, Élber (Régis) e Marlone; Diego Souza e André (Hernane)
Técnico: Eduardo Baptista

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade