0

Carpegiani alerta sobre necessidade de reforços na Ponte

15 jul 2013
14h48
atualizado às 14h49
  • separator
  • comentários

O empate sem gols com o Bahia, no último sábado, em casa, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, ligou o sinal de alerta do técnico Paulo Cesar Carpegiani, mas não só em relação a apresentação abaixo do esperado ou a classificação da Ponte Preta, mas sim a carência de jogadores, principalmente no meio-campo, dentro do atual elenco.

<p>Carpegiani cobrou reforços da diretoria pontepretana</p>
Carpegiani cobrou reforços da diretoria pontepretana
Foto: André Regi Esmeriz / André Regi Esmeriz - Especial para o Terra

A diretoria da Ponte vem trabalhando em busca de reforços desde o final do Campeonato Paulista, mas vem encontrando dificuldades. A necessidade, e pressão da torcida, aumentou depois das vendas do lateral-direito Cicinho e do zagueiro Cléber com Santos e Corinthians, respectivamente. Com mais dinheiro em caixa – mais de R$ 10 milhões ficaram com a Ponte depois das duas negociações – era esperada a chegada de jogadores de peso, o que ainda não aconteceu.

"Faltam algumas coisas que temos que buscar, se não temos em casa temos que buscar em outro lugar. Gosto de meia que jogue e nosso meio tem dificuldades de jogar. Não resta a menor dúvida que existe a necessidade de reforços. Aos poucos estamos conhecendo melhor o elenco e vendo as necessidades", afirmou Carpegiani.

Desde a mudança na comissão técnica – Carpegiani chegou para o lugar de Guto Ferreira -, a Ponte Preta oficializou as contratações de três jogadores: o lateral direito peruano Luis Advíncula (ex-Hoffenheim-ALE), o meia argentino Brian Sarmiento (ex-All Boys-ARG) e o meia Giovanni (emprestado pelo Corinthians). Desses, apenas o último já estreou com a camisa alvinegra.

Hoje, as prioridades da diretoria são um zagueiro e um meia. Para o setor defensivo, Carpegiani tem os titulares Ferron e Diego Sacoman, além dos reservas Gustavo, César e Wescley – passou por uma cirurgia no joelho e volta no fim do ano. Já no meio-campo, o peruano Ramirez é titular absoluto e o treinador ainda tem a disposição Adrianinho, Giovanni, Rafinha e Chiquinho, que vem atuando como atacante ao lado de Rildo e William.

Fonte: André Regi Esmeriz - Especial para o Terra André Regi Esmeriz - Especial para o Terra
  • separator
  • comentários
publicidade