PUBLICIDADE

Com campo encharcado, Grêmio e Vasco empatam e seguem na degola

21 jul 2010 23h51
| atualizado em 22/7/2010 às 01h40
Publicidade

Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, Grêmio e Vasco foram a campo nesta quarta-feira no encharcado Estádio Olímpico - castigado pela chuva - para tentar escapar da situação delicada. Porém, as equipes acabaram empatando por 1 a 1, placar construído ainda no início do confronto, por intermédio dos atacantes Nunes e Jonas, respectivamente.

O resultado manteve os dois na zona de degola, com as posições inalteradas: Grêmio na 17º colocação e o Vasco em 18º, ambos com dez pontos.

Na próxima rodada, os cariocas tem outro confronto direto com uma equipe que briga para escapar do rebaixamento ao receber o Atlético-GO, no sábado, em São Januário. Já o Grêmio sai para enfrentar o Cruzeiro, no próximo domingo.

O jogo

Para dificultar a vida de Silas, os gaúchos não puderam contar com Edilson, Rodrigo e Douglas, que cumpriram suspensão. Por isso, o volante Fernando teve que ser improvisado na lateral direita, enquanto Ozéia entrou na zaga e Maylson assumiu o posto de Douglas no meio-campo.

Já o Vasco, que ainda não pôde contar com a maioria dos seus reforços - o lateral Irrázabal, o volante Felipe Bastos, os meias Felipe, Zé Roberto e Carlos Alberto, além do atacante Eder Luís - apostou na formação que vem dando certo após a pausa para a Copa do Mundo (a equipe ainda não havia perdido em duas partidas disputadas, com um empate contra o Goiás e vitória sobre o Atlético-PR).

Mesmo atuando fora, o Vasco começou melhor e levou perigo logo aos 5min, quando o zagueiro Ozéia salvou quase em cima da linha após saída em falso de Victor. O goleiro gremista voltaria a falhar um minuto depois. Nunes desviou bola erguida na área e ela passou mansa, por baixo do corpo do camisa 1, abrindo o placar a favor do Vasco.

O Grêmio respondeu aos 9min. O atacante Jonas recebeu na entrada da área, girou sobre a zaga vascaína e chutou com força, no canto alto de Fernando Prass, empatando o jogo.

Mesmo com o empate, o Vasco ainda criava as melhores chances. Aos 19min, Fumagalli recebeu lançamento na área, ajeitou e mandou a bomba no travessão de Victor. Um minuto depois, Borges entrou pelo lado esquerdo da defesa do Vasco e, sem ângulo, tocou no canto. Fernando Prass desviou com os pés para escanteio.

O campo castigado evitou que as equipes pudessem criar melhores chances e o primeiro tempo acabou igual.

Na volta do intervalo, a chuva começou a cair ainda com mais intensidade e a partida ficou quase que impraticável, com as equipes intensificando as bolas alçadas na área e os chutes de média e longa distância.

Na melhor chance, aos 43min, a bola enganou Fernando Prass ao parar na poça. Borges se aproveitou, driblou o goleiro, mas o zagueiro Titi se atirou, já com o gol vazio. A bola tocou no zagueiro e exlodiu no poste, garantindo o empate por 1 a 1. Os jogadores do tricolor gaúcho reclamaram ainda de toque de mão do defensor no lance.

Com o empate, a torcida gremista vaiou o desempenho do time e novamente pediu a saída do técnico Silas.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 1 x 1 Vasco

Gols
Grêmio: Jonas, a 9min do 1º tempo
Vasco: Nunes, aos 6min do 1º tempo

Ponto Forte do Grêmio
Nas poucas chances que tiveram, a dupla formada por Jonas e Borges criou oportunidades perigosas para o gol de Fernando Prass

Ponto Forte do Vasco
Se aproveitou de noite insegura de Victor, arriscando bolas de média e longa distância na direção do gol defendido pelo gremista

Ponto Fraco do Grêmio
Goleiro Victor esteve inseguro durante boa parte da partida, falhando no gol do Vasco

Ponto Fraco do Vasco
A bola pouco chegou aos atacantes da equipe

Lance polêmico
Em bola chutada por Borges no final da partida, a bola tocou parcialmente no braço do zagueiro Titi e logo depois explodiu na trave, evitando o gol da virada do time da casa.

Esquema Tático do Grêmio
4-4-2
Victor; Fernando (Saimon), Ozéia, Rafael Marques e Neuton; Adilson, Rochemback, Maylson (André Lima) e Hugo; Jonas e Borges. Técnico: Silas

Esquema Tático do Vasco
4-4-2
Fernando Prass, Fagner (Jumar), Dedé, Titi, Carlinhos; Rafael Carioca, Romulo, Nilton e Fumagalli (Léo Gago); Jonathan (Elton) e Nunes. Técnico: Paulo César Gusmão

Cartões amarelos
Grêmio: Júnior Fernando, Neuton
Vasco: Nunes

Árbitro
Heber Roberto Lopes (PR)

Local
Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)



Forte chuva no Olímpico prejudicou as equipes; duelo terminou empatado por 1 a 1 e deixou Grêmio e Vasco na zona de rebaixamento
Forte chuva no Olímpico prejudicou as equipes; duelo terminou empatado por 1 a 1 e deixou Grêmio e Vasco na zona de rebaixamento
Foto: Roberto Vinícius / Gazeta Press
Fonte: Redação Terra
Publicidade