0

Com time misto, Inter bate Palmeiras e lidera Brasileiro

17 mai 2009
17h57
atualizado às 21h11

Focado na disputa das quartas-de-final da Copa do Brasil, o Internacional não precisou usar sua força máxima para superar o Palmeiras na tarde deste domingo e assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, ao lado do Vitória. Com a presença de apenas quatro de seus titulares começando a partida, a equipe colorada contou com gols do zagueiro Danny Morais e de D'Alessandro para fazer 2 a 0 e estrear com vitória diante de seus torcedores, que mais uma vez lotaram o Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

» Fotos de Internacional x Palmeiras
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente a vitória do Inter

Ao priorizar o duelo da próxima quarta-feira com o Flamengo, no mesmo palco da partida desta tarde, o técnico Tite mandou a campo apenas Lauro, Bolívar, Sandro e Taison, que mais uma vez foi o principal responsável pelas jogadas ofensivas do time gaúcho. Na segunda etapa, os titulares Guiñazu, D'Alessandro e Nilmar entraram em ação, mas só administraram a vantagem até o apito final.

Com nova vitória, assim como já havia ocorrido na semana passada contra o Corinthians, no Pacaembu, o Internacional chega aos seis pontos e decreta o primeiro tropeço alviverde na competição nacional, já que o time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo superou o Coritiba na estréia, dentro do Palestra Itália. E assim como o rival, o Palmeiras também coloca o início de Brasileiro como segundo plano para priorizar a disputa da Libertadores da América, mas nem por isso poupou sua equipe neste final de semana.

E mesmo sem seus principais astros, os colorados iniciaram a partida pressionando e anulando as principais jogadas rivais. Com o apoio das arquibancadas, Taison levou vantagem sobre a marcação de Pierre pelo lado esquerdo e cruzou para a área em busca de Glaydson. Como o volante passou pela bola, Danny Morais foi mais esperto e bateu com força para abrir o placar. No entanto, o Palmeiras reagiu no segundo tempo e chegou a ameaçar a vitória colorada com uma cabeçada de Diego Souza, que parou na trave.

A pressão dos visitantes teve seqüência até os minutos finais, quando o Palmeiras sufocava o Inter no campo de defesa e buscava o gol salvador, que poderia ter vindo nos pés de Keirrison aos 47min, mas o artilheiro ampliou a má fase ao girar sobre a marcação e parar na presença de Lauro. Mas com um a menos desde os 43min, após a expulsão de Pierre, o time paulista caiu de forma definitiva em nova jogada iniciada por Taison na esquerda, que parou nos pés de Nilmar. O goleiro Marcos ainda salvou na primeira tentativa, mas D'Alessandro aproveitou o rebote e balançou as redes pela última vez no dia.

FICHA TÉCNICA

Internacional 2 x 0 Palmeiras

Gols
Internacional: Danny Morais, aos 11min do 1º tempo, e D'Alessandro, aos 48min do 2º tempo

Lances bizarros
Ao sofrer pancada na cabeça durante o segundo tempo, o palmeirense Marcão recebe atendimento médico fora do gramado e volta usando uma toca de natação azul como proteção

Ponto Forte do Internacional
Único titular do setor ofensivo, Taison foi o responsável pelas principais jogadas de ataque, sempre pelo lado esquerdo e levando a melhor sobre a marcação palmeirense

Ponto Forte do Palmeiras
Atuação da dupla de zaga nas bolas aéreas, conseguindo anular uma das principais jogadas do ataque colorado

Ponto Fraco do Internacional
Queda de rendimento na segunda etapa, momento em que recuou o time e sofreu grande pressão do Palmeiras, chegando até a ter a vitória ameaçada

Ponto Fraco do Palmeiras
Falta de iniciativa na primeira etapa, quando mesmo usando seus titulares contra uma equipe reserva, não conseguiu impor seu ritmo de jogo

Personagem do jogo
Taison, do Internacional

Esquema Tático do Internacional
4-4-2
Lauro; Danilo, Bolívar, Danny Morais e Marcelo Cordeiro; Sandro, Glaydson, Rosinei (Guiñazu) e Andrezinho (D'Alessandro); Taison e Alecsandro (Nilmar); técnico: Tite

Esquema Tático do Palmeiras
4-4-2
Marcos; Maurício Ramos, Danilo (Fabinho Capixaba), Marcão e Armero; Pierre, Souza (Mozart), Cleiton Xavier e Diego Souza; Marquinhos (Oritgoza) e Keirrison; técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cartões Amarelos
Internacional: Glaydson e Marcelo Cordeiro
Palmeiras: Marquinhos, Diego Souza, Mozart e Mauricio Ramos

Cartões Vermelhos
Palmeiras: Pierre

Árbitro
Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)

Local
Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)


Fonte: Terra
publicidade