PUBLICIDADE

Confira os clubes mais afetados pela janela de transferências

31 jul 2009 - 17h27
Publicidade

Falta um mês para o martírio de boa parte dos torcedores de futebol no Brasil se encerrar. A janela de transferências, que leva os jogadores brasileiros para o exterior, entra em contagem final até 31 de agosto, quando definitivamente estará fechado o prazo para transações internacionais. E já é possível contabilizar estragos...

» Veja fotos dos jogadores negociados
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Dando um passo à frente, Paulo André é apresentado no Corinthians
» Kléber não enfrenta o Grêmio neste domingo
» São Paulo admite sondagens por Miranda e Hernanes
» Leia as últimas da Série A

Até aqui, são 24 jogadores que partiram para o exterior entre os clubes da primeira divisão nacional, mas a perspectiva é que as negociações se intensifiquem em agosto. Afinal, em 2008, foram 58 vendas realizadas.

As transações mais volumosas, até aqui, foram as de Nilmar, vendido ao Villarreal por 15 milhões de euros (cerca de R$ 39,6 milhões), e a de Keirrison, repassado ao Barcelona por cerca de 14 milhões de euros (cerca de R$ 36,9 milhões).

Em comum entre as vendas está o fato de ambos os jogadores estarem ligados a fundos de investimentos como Traffic, no caso do ex-palmeirense, e Sonda, no caso do ex-colorado. Ramires (do Cruzeiro ao Benfica), e Cristian e André Santos (do Corinthians ao Fenerbahce), foram outras negociações que movimentaram boas quantias.

Até aqui, ninguém perdeu tantos titulares quanto o Corinthians, que além dos últimos dois citados, negociou Douglas com os Emirados Árabes e ainda emprestou Lulinha a um clube português.

Thiago Neves e Ibson, que estavam emprestados, também se transformaram em sérios desfalques para Fluminense e Flamengo, respectivamente. Pedrão repetiu a sina de um jogador que começa liderando a artilharia e é vendido para uma liga de médio porte. Para o Barueri, a sorte é já ter descoberto Val Baiano, aparentemente capaz de manter a média de gols de seu antecessor.

Outra observação interessante pode ser feita sobre o Cruzeiro, que mantém a sina de realizar negociações improváveis com clubes pequenos de Portugal. Wanderley, ex-Ponte Preta, foi vendido ao Marítimo por 700 mil euros (quase R$ 1,9 milhão), mesmo sem brilhar na Toca da Raposa.

Confira quem já deixou o Brasil para atuar no exterior:

Atlético-MG
Leandro Almeida (Dínamo de Kiev)

Atlético-PR
Gustavo (Vitória de Guimarães)

Barueri
Pedrão (Al Shabab) e Camilo (Marítimo)

Corinthians
André Santos (Fenerbahce), Cristian (Fenerbahce), Lulinha (Estoril) e Douglas (Al Wasl)

Cruzeiro
Ramires (Benfica), Wanderley (Marítimo) e Anderson* (Lyon)

Flamengo
Ibson (Spartak Moscou)* e Thiago Sales (Apollon Limassol-Chipre)

Fluminense
Romeu (Larissa) e Thiago Neves* (Al Hilal)

Internacional
Rosinei (América-Mex) e Nilmar (Villarreal)

Náutico
Wellington (Nacional-POR) e Daniel González (Colo-Colo)

Palmeiras
Keirrison (Barcelona)

Santo André
Diego (Leixões)

Santos
Molina (Seongnam Ilhwa)

Sport
Weldon (Benfica)

Vitória
Neto Baiano (JEF United)

* Empréstimo encerrado


Nilmar, por 15 milhões de euros, deixou o Internacional para vestir a camisa do Villarreal
Nilmar, por 15 milhões de euros, deixou o Internacional para vestir a camisa do Villarreal
Foto: Vipcomm / Divulgação
Fonte: Terra
Publicidade