Brasileiro Série A

publicidade
14 de agosto de 2011 • 17h53 • atualizado em 14 de Agosto de 2011 às 22h38

Coritiba faz dever de casa e Atlético-MG segue sem vencer com Cuca

Coritiba vence o Atlético-MG por 3 a 0Clique no link para iniciar o vídeo
Coritiba vence o Atlético-MG por 3 a 0

O Coritiba recebeu o Atlético-MG, neste domingo, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, e venceu por 3 a 0. O resultado amplia a má fase do clube mineiro, que está há cinco jogos sem vencer. O técnico Cuca, que estreou no comando da equipe no meio da semana, ainda não sabe o que é um resultado positivo.

O destaque da partida ficou por conta do entrosamento do setor de criação do Coritiba. Tcheco, Rafinha e Anderson Aquino comandaram o meio-campo, ditando o ritmo da partida e o ataque alviverde.

Chamou a atenção o fato de que enquanto Atlético-MG tomou cinco cartões amarelos e um vermelho, o Coritiba terminou o jogo sem um amarelo sequer.

A partida marcou a segunda partida de Cuca no comando do Atlético-MG. Ele fez a estreia pelo clube na última quarta-feira, em derrota para o Botafogo pela Copa Sul-Americana.

Com o resultado deste domingo, o Coritiba vai a 21 pontos ganhos, ocupando a 10ª colocação. O Atlético-MG permanece com 15, em 16º - pode terminar a rodada na zona de rebaixamento, em 17º, caso o Grêmio vença o Fluminense no Olímpico, ainda neste domingo.

O Coritiba vinha de uma derrota para o Flamengo e empate com o Palmeiras, mas reencontrou a vitória. O Atlético-MG sofre a terceira derrota seguida e está há a cinco jogos sem vencer - o último triunfo foi em cima do Fluminense, em 27 de julho.

Na próxima rodada, o Coritiba vai à Vila Belmiro, onde encara o Santos, na quarta, às 21h50. Já o Atlético-MG recebe o líder Corinthians, no Ipatingão, também na quarta, às 21h50.

O jogo
Logo nos dez primeiros minutos de jogo, o Coritiba pressionou o Atlético-MG e tentou sufocá-lo, mas sem sucesso. Aos 7min, Caio dominou na meia, limpou dois marcadores mas, quando invadiu a área, foi desarmado.

Jogando no 4-2-3-1, o Coritiba conseguia dominar o meio-campo. Aos 9min, Rafinha deu bom passe para Anderson Aquino, que tocou por cima do goleiro, mas a zaga atleticana conseguiu afastar.

O Atlético-MG conseguiu suportar a pressão inicial e passou a criar algumas chances em contra-ataques. Aos 11min, Richarlyson recebeu dentro da área e bateu cruzado para fora. Aos 23min, Guilherme Santos arriscou de fora, mas Edson Bastos defendeu.

Aos 31mim, Rafinha pedalou para cima de Toró, que ficou no chão. No cruzamento, a defesa tirou. Na sequência do lance, Tcheco pegou a bola na meia esquerda, limpou o marcador e cruzou rasteiro. Rafinha desviou e a bola sobrou para Bill que, impedido, marcou o gol, aos 32min.

O Coritiba continuou melhor e, aos 37min, o zagueiro Jeci perdeu boa chance em cabeceio, após cruzamento de Anderson Aquino.

No intervalo, o técnico Cuca tirou André para a entrada de Guilherme, que retornava ao time depois de um estiramento na coxa direita, e trocou Caio por Neto Berola. Assim, o time mineiro abandonou o 4-5-1 para jogar no 4-4-2.

O jogo ficou truncado, com ambas as equipes marcando forte. Neto Berola levou perigo aos 6min em forte chute. Aos 10min, Marcos Aurélio carregou pelo meio, invadiu a área e bateu forte com a canhota. A bola passou perto e o goleiro Renan só olhou.

Em ataque do Coritiba, Toró derrubou Rafinha dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. O mesmo camisa 7 cobrou, mas Renan defendeu. No rebote, Rafinha marcou o segundo gol do Coritiba.

O Atlético-MG ainda sofreu o segundo pênalti no final do jogo. Leonardo foi derrubado por Serginho, que foi expulso. O mesmo Leonardo converteu, aos 44min, e selou a vitória por 3 a 0.

Ficha Técnica

Coritiba 3 x 0 Atlético-MG

Gols
Coritiba: Bill, aos 32min do 1º tempo, Rafinha, aos 31min do 2º tempo e Leonardo, aos 44min do 2º tempo

Coritiba: Edson Bastos; Jonas, Jéci, Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete, Tcheco, Rafinha e Éverton Costa (Marcos Aurélio) e Anderson Aquino (Geraldo); Bill. Técnico: Marcelo Oliveira

Atlético-MG:Renan Ribeiro; Serginho, Werley, Réver e Guilherme Santos; Toró, Filipe Soutto (Wesley), Richarlyson, Bernard e Caio (Neto Berola); André (Guilherme). Técnico: Cuca

Cartões amarelos
Atlético-MG: Caio, Serginho, Réver, Toró e Guilherme Santos

Cartões vermelhos
Atlético-MG: Serginho

Árbitro
Leandro Pedro Vuaden

Local
Estádio Couto Pereira, em Curitiba

Terra