0

Coritiba vence Náutico e respira na luta contra rebaixamento

27 set 2009
17h51
atualizado às 20h18

O Coritiba teve, mais uma vez, a estrela de Marcelinho Paraíba para respirar na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe venceu o Náutico por 2 a 0, no Couto Pereira, com um gol e uma assistência de Paraíba.

» Fotos de Coritiba x Náutico
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente o resultado da partida

O Coritiba vai aos 30 pontos e ainda deixa o Náutico em risco, com 26 pontos. O duelo direto foi favorável aos paranaenses.

O início do jogo foi morno, mas o Coritiba logo tratou de tomar as ações por meio de seu principal jogador, Marcelinho Paraíba. Dos pés dele saiu o primeiro lance de perigo do time paranaense. Aos 20min, o atacante recebeu bola pela esquerda, invadiu a área e soltou a bomba, para grande defesa de Gledson.

Os comandados de Ney Franco tiveram amplo domínio do meio-campo, mesmo com o Náutico jogando no esquema 3-5-2. Com um toque de bola envolvente, o Coritiba abriu o placar aos 31min. Depois de bela jogada no meio, Marcelinho Paraíba encontrou Rômulo livre na área. Ele rolou para o atacante, que só teve o trabalho de tocar na saída de Gledson.

O Náutico teve um ataque quase inoperante em campo, mesmo com a estreia do experiente Tuta. Isolado na frente, ele teve poucas oportunidades de ajudar o time pernambucano.

Marcelinho Paraíba seguia sendo o principal nome do jogo, até que um lance no início do segundo tempo comprometeu um pouco sua atuação. Aos 10min, Leandro Donizete sofreu pênalti de Asprilla. Na cobrança, Paraíba bateu com convicção e força, mas a bola subiu demais e passou longe do gol.

O Náutico esboçou uma reação a partir de Carlinhos Bala. Em um lance construído por ele, Bruno recebeu o passe e chutou no canto, exigindo difícil intervenção de Edson Bastos, que salvou o Coritiba.

Depois, Marcelinho se redimiu do erro no pênalti. Primeiro, em cobrança de falta, o atacante acertou o travessão e a bola quicou dentro do gol, mas a arbitragem não validou o lance. O gol que valeu veio aos 39min. Com passe de Thiago Gentil, Marcelinho apareceu na pequena área e só empurrou com o pé direito.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 0 NÁUTICO

Gols
Coritiba: Rômulo, aos 31min do 1º tempo; Marcelinho Paraíba, aos 39min do 2º tempo
Náutico:

Polêmicas de arbitragem
- Marcelinho Paraíba cobrou falta, a bola bateu no travessão e passou da linha do gol. O árbitro não validou o lance

Ponto Forte do Coritiba
- Toque de bola envolvente no ataque e entrosamento entre Rômulo e Marcelinho

Ponto Forte do Náutico
- Não houve

Ponto Fraco do Coritiba
- Jogadas pelo meio

Ponto Fraco do Náutico
- Defesa insegura, que permitiu os avanços do rival

Personagem do jogo
Marcelinho Paraíba, com um gol e uma assistência

Esquema Tático do Coritiba
4-4-2
Edson Bastos, Rodrigo Heffner, Pereira, Jéci e Luciano Amaral; Leandro Donizete, Jaílton, Pedro Ken (Marcos Aurélio) e Carlinhos Paraíba (Thiago Gentil); Marcelinho Paraíba e Rômulo (Makelele).
Técnico: Ney Franco

Esquema Tático do Náutico
3-5-2
Gledson, Márcio, Vágner Silva e Asprilla; Aílton (Bruno), Nilson, Derley (Rudnei), Irênio e Anderson Santana; Carlinhos Bala e Tuta (Márcio Barros).
Técnico: Geninho

Cartões Amarelos
Coritiba: Luciano Amaral, Carlinhos Paraíba, Jéci
Náutico: Asprilla, Nilson, Derley

Árbitro
Leonardo Gaciba (RS)

Local
Couto Pereira, em Curitiba (PR)




Fonte: Terra
publicidade