2 eventos ao vivo

Cruzeiro espanta má fase, vence Portuguesa e encosta no G-4

18 jul 2012
22h24
atualizado em 19/7/2012 às 01h42

Portuguesa e Cruzeiro entraram em campo no Estádio do Canindé para tentar acabar com a série de três partidas sem vitória. Em um jogo ruim tecnicamente, o time mineiro levou a melhor, espantou a má fase e derrotou o time paulista por 2 a 0, nesta quarta-feira, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Wellington Paulista, de pênalti, e Diego Renan marcaram os gols do triunfo no segundo tempo da partida.

» Veja como foi Portuguesa 0 x 2 Cruzeiro

Em meio ao fraco futebol apresentado pelas duas equipes, o duelo na capital paulista marcou a estreia do lateral direito Ceará pelo clube mineiro. Desaparecido na fria noite de quarta-feira, o meia argentino Montillo completou a sua centésima partida pelo Cruzeiro.

Depois de três derrotas consecutivas, para São Paulo, Internacional e Grêmio, o Cruzeiro se reencontrou com a vitória e encostou no G-4. O time está em sexto lugar com 17 pontos, um atrás do Grêmio, quarto colocado. Já a Portuguesa está em 15º lugar com oito pontos e pode entrar na zona de rebaixamento dependendo dos resultados de quinta-feira.

Para acabar com o jejum de vitórias, os dois times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no fim de semana contra adversários complicados. No sábado, a Portuguesa terá pela frente o Corinthians no Estádio do Pacaembu, às 21h (de Brasília). Já a equipe mineira volta ao Estádio Independência no domingo para o jogo contra o Flamengo, às 16h (de Brasília).

O jogo

A partida começou brigada no meio de campo e com poucas chances de gol. Tanto que o único chute a gol no primeiro quarto da etapa inicial, Moisés cobrou falta rasteira e Fábio defendeu fácil no centro do gol, aos 7min. A primeira boa chance aconteceu aos 17min. Com a forte marcação do adversário, o zagueiro Rogério se aventurou no ataque, avançou pela ponta esquerda e finalizou para o centro da área à meia-altura. Diego Viana aproveitou indecisão da zaga cruzeirense e cabeceou para fora de peixinho.

Depois de um primeiro tempo muito ruim, a etapa final começou muito bem. Aos 3min, Borges aproveitou chutão da defesa, dominou e avançou para o gol. Assim, como no seu último lance como jogador do Santos, no mesmo Canindé contra a Portuguesa, o jogador finalizou cara a cara com Dida, mas rasteiro para defesa de experiente arqueiro da equipe paulista. Aos 7min, Wellington Paulista aproveitou rebote na área e finalizou por cima do gol.

O jogo no segundo tempo continuou com muitos erros e equilibrada, mas com os dois times buscando o gol. E o Cruzeiro foi mais incisivo no ataque. Aos 14min, Wellington Paulista recebeu lançamento sozinho na entrada da área, dominou no peito e finalizou por cima do gol. A Portuguesa respondeu aos 24min com Héverton. O meia, que entrou no lugar de Willian Xavier, finalizou para defesa de Fábio.

Com os dois times sem muita inspiração no Canindé, o gol só surgiu com lance de infelicidade da defesa da Portuguesa. O zagueiro Rogério agarrou Borges dentro da área, o árbitro goiano Elmo Resende apitou pênalti e expulsou o defensor do time paulista. Wellington Paulista não se intimidou com o pegador de pênaltis Dida e bateu bem para marcar o gol da vitória do Cruzeiro. E, em contra-ataque, Diego Renan completou o triunfo do time mineiro, aos 38min.

Ficha técnica

PORTUGUESA 0 X 2 CRUZEIRO

Gol
CRUZEIRO: Wellington Paulista, aos 32min, e Diego Renan, aos 38min do segundo tempo

PORTUGUESA: Dida; Gustavo, Rogério e Lima; Luis Ricardo (Henrique), Guilherme, Ferdinando, Moisés e Marcelo Cordeiro; Willian Xavier (Héverton) e Diego Viana (Ricardo Jesus)
Treinador: Geninho

CRUZEIRO: Fabio; Ceará (Marcelo Oliveira), Léo (Mateus), Rafael Donato e Diego Renan; Willian Magrão, Leandro Guerreiro, Tinga (Lucas) e Montillo; Wellington Paulista e Borges
Treinador: Celso Roth

Cartões amarelos
PORTUGUESA: Rogério e Ferdinando
CRUZEIRO: Rafael Donato, Marcelo Oliveira e Diego Renan

Cartões vermelho
PORTUGUESA: Rogério

Árbitro
Elmo Resende Cunha (GO)

Local
Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade