7 eventos ao vivo

Cruzeiro supera "traumas" e vence Barueri fora de casa

26 set 2009
20h22
atualizado às 21h55

O Cruzeiro se recuperou rapidamente da derrota para o Palmeiras e de todas as polêmicas envolvendo a arbitragem e o atacante Kléber. Neste sábado, com a presença do próprio Kléber em campo, o time mineiro venceu o Barueri por 1 a 0, fora de casa, e mantém o sonho - ainda que distante - de buscar uma vaga na Libertadores de 2010.

» Fotos de Barueri x Cruzeiro
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente a vitória do Cruzeiro

O Cruzeiro segue na 13ª posição do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, um atrás do próprio Barueri, que pode perder o 11º lugar caso o Santos empate ou vença o Atlético-MG neste domingo.

O jogo começou em ritmo lento, com as duas equipes errando muitos passes no meio-campo. Kléber, que chegou a dizer que não jogaria mais pelo Cruzeiro, foi titular, mas pouco produziu. O camisa 30, isolado no ataque, teve de buscar o jogo na zona intermediária e não criou chances de perigo.

O melhor lance do time mineiro foi após uma falha do Barueri. Xandão deixou a bola passar em um lançamento e Thiago Ribeiro pegou a sobra sozinho, avançou até a grande área e chutou para grande defesa de René. O Barueri, sem criatividade, não levou perigo ao goleiro Fábio.

O Cruzeiro voltou melhor e com mais volume de jogo na segunda etapa. Assim, o gol foi questão de tempo. Em lance polêmico, aos 27min, Guerrón avançou pela direita e cruzou rasteiro para Gilberto, que só empurrou para as redes. Os paulistas reclamaram de impedimento do cruzeirense.

O Barueri, que contou com o retorno de Fernandinho no segundo tempo, quase buscou o empate em um lance do meia-atacante. No minuto final, Fernandinho driblou toda a zaga do Cruzeiro e chutou rasteiro. A bola pegou em Gil e os atletas do time paulista reclamaram de toque de mão.

FICHA TÉCNICA

BARUERI 0 X 1 CRUZEIRO

Gol
Cruzeiro: Gilberto, aos 27min do 2º tempo

Lances polêmicos
- No gol do Cruzeiro, Gilberto estava em posição de impedimento no momento do passe de Guerrón
- No fim, Barueri reclamou de um pênalti de Gil após chute de Fernandinho que bateu na mão do zagueiro

Ponto Forte do Barueri
- Entrada de Fernandinho, que mudou a cara do ataque

Ponto Forte do Cruzeiro
- Jogadas com Gilberto, principal articulador do time

Ponto Fraco do Barueri
- Excesso de erros nos passes

Ponto Fraco do Cruzeiro
- Erros de passes e atuação abaixo da média de Kléber

Personagem do jogo
Gilberto, autor do gol da vitória

Esquema Tático do Barueri
4-4-2
René, Bruno Ribeiro (Otacílio Neto), Xandão, Leandro Castan e Márcio Careca; Éder, Ralf, João Vítor e Thiago Humberto; Val Baiano (Basílio) e Flavinho (Fernandinho).
Técnico: Diego Cerri

Esquema Tático do Cruzeiro
4-4-2
Fábio, Jonathan (Thiago Heleno), Leonardo Silva, Gil e Diego Renan; Elicarlos, Fabrício, Marquinhos Paraná (Fabinho) e Gilberto; Kléber e Thiago Ribeiro (Guerrón).
Técnico: Adílson Batista

Cartões Amarelos
Barueri: Márcio Careca, Éder, Thiago Humberto e Fernandinho
Cruzeiro: Elicarlos

Cartões Vermelhos
Barueri: Fernandinho

Árbitro
Djalma José Beltrami (RJ)

Local
Arena Barueri, em Barueri (SP)





Fonte: Terra
publicidade