0

Destaque do Vitória, zagueiro está próximo de acerto com time espanhol

13 ago 2013
20h22
atualizado às 20h22
  • separator
  • comentários

Falta pouco para a confirmação oficial, mas o Vitória deve negociar o zagueiro Gabriel Paulista, um dos principais jogadores do time baiano, com o Villarreal, da Espanha. Na Toca do Leão, o clima é de resignação e o jogador já fala em tom de despedida.

<p>Gabriel Paulista está prestes a ser negociado com o Villarreal</p>
Gabriel Paulista está prestes a ser negociado com o Villarreal
Foto: Divulgação

Após a partida contra o Corinthians, no domingo, toda a delegação do Vitória retornou a Salvador, menos Gabriel, que permaneceu em São Paulo. O jogador se despediu da família e retornou no dia seguinte. Chegou atrasado ao treino e teve de pagar uma multa ao clube. Nos treinamentos, abraçou os colegas, como se estivesse se despedindo.

Hoje, mais um indício da saída: ficou de tênis antes do treinamento, enquanto os jogadores já se reuniam no campo. O zagueiro, revelado pelo Vitória, conversava com o diretor de futebol Raimundo Queiroz na porta da antessala que dá acesso à presidência do clube e só se dirigiu ao gramado após conversa privada com o dirigente. Gabriel Paulista pode jogar contra a Ponte Preta nesta quarta, no Barradão, mas o esperado é que viaje ainda nesta quarta para a Espanha, onde realizará exames médicos.

"Falta só assinar. Creio que o documento ainda não tenha chegado ao Vitória. Acho que até esta noite vai estar tudo resolvido para que ele viaje amanhã", disse o empresário do jogador, Carlos André.

Alexi Portela, presidente do Vitória, tem um discurso diferente. Segundo ele, o jogador ainda não acertou com o clube espanhol e deve enfrentar a Ponte. "Não tem nada fechado. Recebemos a proposta e estamos aguardando o acerto. O que posso garantir é que ele joga contra a Ponte Preta. Enquanto não fechar, vai continuar jogando", disse o presidente.

A saída de Gabriel Paulista deve ser difícil de digerir para o técnico Caio Júnior, uma vez que o zagueiro era um dos principais jogadores do elenco e também vinha sendo utilizado como lateral direito, uma vez que Nino Paraíba tem se lesionado com frequência e Daniel Borges não fez boas partidas com a camisa rubro-negra. Em um primeiro momento, quando soube, através da imprensa, da oferta do Villarreal, o técnico chegou a dizer que não liberaria o jogador.

Por outro lado, a negociação pode ser boa para o Vitória, ao menos em termos financeiros. O clube não fala qual é o valor da proposta, mas nos bastidores comenta-se que o acerto pode chegar a 4 milhões de euros, cerca de mais de R$ 10 milhões, o que faria da transação a maior da história do futebol baiano. O Vitória é dono de 70% do passe do jogador, enquanto o restante pertence a um grupo de empresários.

Veja como está o Mercado da Bola no futebol brasileiro:

Fonte: Paço Virtual - Comunicação, Consultoria e Projetos LTDA - ME - Especial para o Terra Paço Virtual - Comunicação, Consultoria e Projetos LTDA - ME - Especial para o Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade