0

Doriva volta ao Morumbi e tenta repetir sucesso como jogador

18 out 2015
09h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O volante Doriva considerava o estádio do Morumbi como a sua segunda casa e lá conseguiu participar de momentos históricos do clube entre 1991 e 1994, como a primeira final da Libertadores de 93. Agora, neste domingo, a partir das 16h (de Brasília), diante do Vasco, será a vez do técnico Doriva retornar ao local e tentar fazer da sua passagem pelo clube no banco de reservas uma fase tão agradável quanto a dentro das quatro linhas.

"É uma emoção muito grande poder rever tudo que eu vi como jogador", disse o hoje treinador, que fez sua estreia no cargo contra o Fluminense, no meio de semana, e não considera que o revés ante os cariocas seja algo que o atrapalhe na busca pela melhor equipe a entrar em campo. "Vou utilizar o que a gente viu no Maracanã como parâmetro para definir meu time daqui para frente", informou.

Para isso, o comandante vai contar com, provavelmente, o nome que mais fez sucesso com a camisa tricolor no estádio. Rogério Ceni, que esteve com Doriva em sua época de jogador e, mais de duas décadas depois, o reencontrou no clube, acredita que essa é uma chance merecida dada ao antigo companheiro.

É um cara jovem, torço para que ele dê muito certo. Não estarei aqui no próximo ano para estar junto nesse trabalho, mas espero estar aqui até o fim do Brasileiro e depois fico na torcida porque é um cara de muito bom caráter", comentou Ceni, relembrando os momentos que passou ao lado do atual chefe.

"Ele foi um dos primeiros caras que eu conheci quando cheguei no clube, um menino fantástico. Fico muito feliz porque é uma historia de sucesso, um jogador que morava embaixo das arquibancadas assim como eu, não tínhamos dinheiro para comer uma pizza, mas através dessa dificuldade ele conseguiu se consagrar como atleta, passar pro vários clubes europa, voltar ao brasil e, agora, tomara que possa ganhar seu titulo aqui como treinador", encerrou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade